(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)
(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

Um dos desafios enfrentados pela maioria das pessoas neste momento de pandemia é manter a prática de atividades físicas. Com academias e clubes fechados, muitos buscam alternativas como a prática de treinos em casa para conseguir manter a boa forma e estar de bem com a saúde.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que as pessoas devem ter cerca de 300 minutos de atividades físicas semanalmente para uma melhor qualidade de vida. Esta orientação, de acordo com a entidade, previne doenças cardiovasculares, obesidade e alguns casos de diabetes tipo 2.

Além dos benefícios para o corpo, a prática de esporte também é importante para a saúde mental das pessoas. Fazer exercícios libera uma substância chamada endorfina, que promove uma sensação de bem-estar no organismo, diminui os níveis de estresse e contribui para uma melhor qualidade do sono.

Devido às obrigações do dia a dia, as dificuldades para manter a disciplina de exercícios físicos são muito grandes. De acordo com pesquisa realizada em 2015 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 91,3 milhões de pessoas disseram que não praticam nenhum esporte. Das pessoas entrevistadas, cerca de 38,2% alegaram falta de tempo, ou simplesmente não gostar.

Esses dados revelam que a prática de atividades físicas é colocada em segundo plano, na maioria das vezes. Exercícios físicos são considerados por muitos algo tedioso, ruim, ou que apenas não são importantes. Dentro deste cenário, uma das alternativas para aumentar o número de praticantes de esportes é justamente tirar esse estigma de algo problemático. 

Facilitar a rotina de treinos, para que se torne uma prática agradável e que se consiga realizar de forma cuidadosa e duradoura, é o que os profissionais de educação física

recomendam neste momento. Exercícios fáceis de executar podem ser bem funcionais para adquirir disciplina de treinamento.

Segundo o blog da Growth Supplements, uma das técnicas para iniciantes é realizar treinos de aquecimento antes de iniciar as atividades, pois diminui o risco de lesões. Ginástica aeróbica, como flexões e polichinelos, é uma atividade fácil que pode ser feita dentro de casa e sem equipamentos. 

O Modelo Circuito também é uma ótima escolha, pois trata-se de exercícios simples que duram aproximadamente 15 minutos. Ioga e pilates também são bem funcionais para se realizar em casa, pois você não precisa de muito espaço e são benéficos para o corpo e a mente.