Sesab e Osid iniciam transferência de pacientes do Hospital Santo Antônio
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Saúde

Sesab e Osid iniciam transferência de pacientes do Hospital Santo Antônio

Leitura: 3 minutos
(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)
(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)

Ao longo dos últimos 15 dias, foi verificado um aumento do número de casos diagnosticados de coronavírus (Covid-19) no Hospital Santo Antônio, pertencente às Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), afetando profissionais de saúde e pacientes internados. Considerando a emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus e visando adotar medidas precoces para o controle na instituição, a Diretoria da Osid desencadeou, imediatamente, todas as medidas de contingência recomendadas, incluindo isolamento de funcionários e pacientes, assim como a realização de testes RT-PCR para Covid-19 em todos os colaboradores sintomáticos.

Diante do continuado progresso do aumento de casos na instituição, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e a Osid decidiram transferir, provisoriamente e de modo inicial, 200 pacientes internados no Hospital Santo Antônio para outras unidades de saúde da rede pública estadual. Desses, apenas 26 possuem diagnóstico positivo para Covid-19. Os demais, com perfil etário acima de 60 anos, serão transferidos como medida protetiva. O processo de transferência foi iniciado neste domingo (19).

(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)
(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)

A subsecretária estadual da Saúde, Tereza Paim, destaca que o Governo do Estado está ofertando toda a assessoria necessária para a Osid. “Em um planejamento conjunto, estamos ofertando vagas tanto na rede própria quanto no centro de acolhimento montado no Rio Vermelho para dar o tratamento a esses pacientes, até que todas as providências sejam efetuadas pela entidade”, garantiu. 

Durante os próximos dias, serão realizadas medidas operacionais e adequações físicas para que, o mais breve possível, os pacientes possam retornar progressivamente ao hospital. A gestora de saúde da Osid, Lucrécia Savernini, explica que a Sesab vem dando “todo o apoio necessário para que pacientes com testagem positiva para Covid-19 não fiquem próximos a pacientes com outra doenças. Por isso, a transferência dos pacientes com o novo coronavírus e que tenham acima de 60 anos, somando 200 pessoas”.

Lucrécia ainda conta que “depois da saída desses pacientes, o Santo Antônio vai passar por outra higiene terminal e, por orientação da Sesab, será reduzido o número de leitos na unidade para que os pacientes fiquem mais dispersos na diferentes áreas do hospital”.

Entre as medidas adotadas será realizada a desinfecção terminal de todas as áreas assistenciais do hospital; redução de 50% do número de leitos em cada enfermaria; adequações dos sistemas de renovação de ar; realização de testes RT-PCR em todos os funcionários e pacientes, mesmo os assintomáticos; intensificação das auditorias da utilização correta dos EPIs por todos os profissionais de saúde, além da desparamentação desses profissionais; entre outras ações.

O Governo do Estado, por meio da Sesab, dará todo apoio necessário para que o Hospital Santo Antônio possa retornar ao pleno funcionamento e com segurança para pacientes e funcionários.

(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)
(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)

*Com Agência de Notícias

Veja também

Notícia

Na trend, trabalhadores compartilham os benefícios que recebem das empresas

Notícia

Estudo aponta que região da Lagoa Azul, em Porto Seguro, deveria ser transformada em unidade de conservação

Notícia

Bahia inicia emissão nesta terça-feira, (9). Só faltam mais dois estados para todo o país aderir ao documento

Notícia

A primeira via do documento é gratuita. A solicitação deve ser feita no portal ou aplicativo ba.gov.br

Publicidade

Publicidade