em

Como impedir a propagação de doenças durante os meses mais frios

Cuidados devem ser redobrados no inverno

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Há quem prefira o inverno ao verão por gostar de um clima mais ameno e de poder tirar os casacos do guarda-roupa, já que, em geral, o Brasil apresenta altas temperaturas até em estações que deveriam ter um clima equilibrado. No entanto, é preciso tomar cuidado com a saúde, já que o tempo frio agrava doenças respiratórias como sinusite, rinite e asma, além de gripes e resfriados.

Outros quadros mais graves também são registrados durante o inverno. Nele, as chances de ter um infarto e um AVC (Acidente Vascular Cerebral) aumenta em 30% e 20%, respectivamente, de acordo com o cardiologista e consultor do programa “Bem-Estar”, Roberto Kalil. Ainda segundo ele, os grupos com mais risco são os “idosos, hipertensos, diabéticos, obesos, fumantes e sedentários”.

Dessa forma, é preciso ficar atento e manter os locais arejados, mesmo que esteja frio para abrir as janelas, assim como manter roupas limpas e longe de poeiras pode amenizar os sintomas. Além disso, alguns cuidados ajudam a proteger a saúde nessa época. Veja abaixo: 

  • Mantenha-se hidratado

Esta dica vale para todas as estações do ano, principalmente o inverno. Isso porque, em tempos quentes, é comum beber bastante água para amenizar o calor, mas, durante o frio, a prática pode ser deixada de lado para ingerir bebidas quentes. O líquido é importante para manter um bom metabolismo.

  • Tenha uma alimentação saudável

Durante os dias mais frios, é comum buscar por alimentos mais gordurosos e calóricos, assim como bebidas alcoólicas. Desse modo, o corpo não recebe os nutrientes que necessita e, assim, o sistema imunológico pode ficar mais baixo. Laranja e brócolis, ricos em vitamina C, são alguns dos alimentos indicados para esse período.

  • Deixe o ar circular

Usar um ar-condicionado para esquentar o ambiente é bacana, mas o recomendado é deixar o aparelho ajustado em uma temperatura ambiente, entre 19 e 22 graus Célsius para diminuir as diferenças entre o clima dentro e fora de casa. 

Além disso, é preciso deixar o ar circular pela casa com as janelas abertas durante algumas horas do dia, para renovar o ar que está na casa. 

Manter todas as saídas de ar fechadas durante os dias frios favorece a gripe e o resfriado, que aumentam devido à aglomeração de pessoas em ambientes completamente fechados e sem circulação de ar. 

  • Higienize as mãos

O hábito pode reduzir as chances de contaminação por vírus e bactérias, principalmente no frio. Ao andar em metrôs, trens e ônibus, que são, na maioria das vezes, fechados, é importante lavar as mãos assim que puder e, antes disso, lembrar de não passá-las nos olhos, no nariz e na boca.

  • Cuidado com roupas e cobertores guardados

Depois de um ano de lavado e guardado, um casaco ou cobertor pode até parecer limpo, mas o ideal é que os tecidos sejam lavados e sequem no Sol. Esse processo remove as impurezas e proporciona momentos mais agradáveis, principalmente para quem possui doenças respiratórias.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Lídice da Mata (Foto: Dinho Souto)

“Bolsonaro humilha o Nordeste com requintes de crueldade”,avalia Lídice

(Foto: Divulgação)

Boletim da Sesab: Coronavírus – 05/03