em

Prefeitura do Rio interdita Centro de Treinamento do Flamengo

Incêndio no centro de treinamento do Flamengo deixa dez mortos
Incêndio no centro de treinamento do Flamengo deixa dez mortos. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A prefeitura do Rio de Janeiro interditou hoje (27) o Centro de Treinamento (CT) do Flamengo.

No dia 8 de fevereiro, um incêndio atingiu o alojamento de atletas da base do Fla, no CT George Helal, também conhecido como Ninho do Urubu, na zona oeste da cidade.

Na tragédia, dez atletas morreram e três ficaram feridos, todos eles entre 14 e 16 anos de idade, que jogavam nas categorias de base do Flamengo.

A prefeitura já tinha determinado o fechamento do CT em 2017, por pendências com documentos e autorizações.

Na semana passada, foi a vez do Ministério Público Estadual e da Defensoria Pública pedirem a interdição do CT.

A Justiça estadual deu, no entanto, um prazo de cinco dias para que o Flamengo apresentasse sua defesa.

Em nota divulgada no dia 17 de fevereiro, o Flamengo alegou que estava tentando cumprir todas as exigências da prefeitura.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, disse esperar que o clube cumpra todas as exigências. “Esperamos que tanto as exigências para o alvará como também para o habite-se sejam cumpridas e ele retorne logo ao funcionamento”,  afirmou.


Comunicar erro



Publicidade Publicidade

Conheça o G Suite



Agência Brasil

Conteúdo exclusivo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC)
http://agenciabrasil.ebc.com.br/

REUTERS / Leah Millis / direitos reservados

Trump e Kim Jong-un se reúnem no Vietnã

PRF prende motorista por porte ilegal de arma de fogo em Vitória da Conquista

PRF prende motorista por porte ilegal de arma de fogo em Vitória da Conquista