em

China media segundo encontro entre Trump e Kim Jong-un

REUTERS/Jonathan Ernst

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, devem ter um segundo encontro. A data ainda não foi definida, mas a disposição foi apresentada pelo norte-coreano em conversa com o presidente da China, Xi Jinping, durante visita a Pequim.

Os Estados Unidos e a Coreia do Norte estão em negociações para marcar uma segunda reunião de Kim-Trump. Kim concluiu ontem (9) a visita de quatro dias à Chinaao se reunir com Xi Jinping. A China é um dos mediadores da reunião entre Coreia do Norte e Estados Unidos.

No último domingo (5), Trump disse que os EUA e a Coreia do Norte estavam negociando o local para a realização da próxima cúpula. No primeiro encontro, em junho do ano passado, em Cingapura, ambos se comprometeram a trabalhar pela desnuclearização.

Segundo a Xinhua, agência pública de notícias da China, o norte-coreano afirmou que “continuará mantendo a postura de desnuclearização e resolvendo a questão da Península Coreana por meio do diálogo”.

Porém, a KCNA, agência pública de notícias da Coreia do Norte, informou que Kim “aumentou a preocupação”.

*Com informações das agências públicas DW, da Alemanha, e Xinhua, da China

Da Agência Brasil 


Comunicar erro






Agência Brasil

Conteúdo exclusivo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC)
http://agenciabrasil.ebc.com.br/

INSS

Governo vai fazer pente-fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Gilmelândia, Junior Pacheco, Salete Campari, Jojo Todynho e Simone Sampaio

Gilmelândia e Jojo Todynho agitam festa do branco em mansão de empresários em Campinas