em de

Rússia ajudou Trump a vencer eleições, diz CIA

A conclusão da Agência de Inteligência é que o objetivo da Rússia era favorecer um candidato à respeito de outro e ajudar Trump se eleger”, disse uma autoridade da CIA ao jornal The Washington Post. Foto: Ap Photo/Sputnik/Greg Allen

A agência de inteligência CIA, dos EUA, concluiu ontem (9) que a Rússia interveio na eleição presidencial norte-americana de 2016 para ajudar o candidato republicano, Donald Trump, a alcançar a Casa Branca.

De acordo com a agência, foi avaliado que, à medida que a campanha presidencial de 2016 se concluía, o governo russo prestou auxílio ao magnata para vencer a candidata democrata e ex-secretária de Estado, Hillary Clinton.

Segundo publicação do jornal The Washington Post, os agentes secretos dos Estados Unidos descobriram que os hackers russos vazaram os e-mails do Partido Democrata para a organização Wikileaks. “A conclusão da Agência de Inteligência é que o objetivo da Rússia era favorecer um candidato à respeito de outro e ajudar Trump se eleger”, disse uma autoridade da CIA ao jornal.

O governo da Rússia negou todas as acusações de interferência na eleição presidencial dos Estados Unidos. No mês de outubro, Washington acusou formalmente a Rússia de uma campanha de ataques cibernéticos contra organizações do Partido Democrata antes de Trump ser eleito. 

Agência Brasil


Comunicar erro





Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: V7XEW4HLYGAYUHT e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...


Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)




Victor & Leo realizam show da Turnê ‘Irmãos’ com casa lotada em SP

Governo autoriza implantação de sistema de reserva na Barragem de Ponto Novo