em de

Venezuela propõe à Unasul criação de observatório de segurança para a região

A Venezuela propôs nessa quinta-feira (24) à União de Nações Sul-Americanas (Unasul) criar um Observatório de Segurança para a América do Sul, com o objetivo de trocar informações e mecanismos para garantir a segurança dos cidadãos.

A proposta foi apresentada pelo ministro das Relações Interiores, Justiça e Paz venezuelano, Nestor Reverol, durante reunião do Conselho Sul-Americano de Segurança, em Caracas.

“Fizemos a proposta de criar o Observatório Sul-americano de Segurança, para estabelecer padrões nos indicadores de criminalidade e violência. Todos os países da América do Sul estudam diferentes delitos, o que permite uniformizar os indicadores para estabelecer taxas de vítimas de homicídios na região”, disse.

Segundo Nestor Reverol, há “novas ameaças”, como “violência criminosa, política e económica”, que estão afetando os países sul-americanos.

O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino López, propôs ao Conselho de Defesa da Unasul a criação de uma zona de paz para a América do Sul, na qual trabalhem em conjunto as Forças Armadas dos países da região.

“Devemos construir uma zona de paz que obedeça à independência das nossas nações sob princípios de solidariedade, respeito e identidade. As nossas Forças Armadas devem ser instrumentos para construir uma zona de paz, regida pela mais profunda ética, dignidade e soberania dos povos”, declarou.

Agência Brasil


Comunicar erro





Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: V7XEW4HLYGAYUHT e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...


Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)




Vale do São Francisco vai exportar manga para a Coreia do Sul

PRF recuperou em Cristópolis três motocicletas adulteradas