em

Como ser rico no Brasil aproveitando a conversão do Euro?

Com o Euro alto em relação ao Real, o melhor é investir em Portugal e ganhar em Euro

A conceituada revista Forbes aponta Portugal como “o novo destino para investir” graças à sua população “jovem e qualificada”, apoio ao empreendedorismo, cultura e qualidade de vida e, claro, clima bom. Os juros que podem chegar a menos de 1% anual também faz com que empresários, principalmente brasileiros, invistam no país europeu.

Joaquim Moreira
Joaquim Moreira. Foto: Divulgação / MF Press Global

O despachante Joaquim Moreira, especialista em receber brasileiros que queiram investir em Portugal, é considerado o responsável pelo sucesso dos empresários. Ele dá consultoria e indica ao cliente o tipo de negócio relacionado à sua expectativa para que o Euro seja favorável na cotação.

“Um cliente brasileiro da área do comércio me disse que seus 5 mil euros de lucro mensal hoje valem R$ 25 mil no Brasil. Com o baixo custo de vida em Portugal, ele gasta mil euros com despesas gerais para sua vida com a família e ainda sobram 4 mil euros para fazer boas viagens na Europa e enviar muito dinheiro para sua família no Brasil”, conta o despachante.

A Forbes aponta que a localização de Portugal é excelente já que o país fica em um ponto de ligação ideal entre a Europa, a África e as Américas. Outro ponto forte da nação, de acordo com a revista, é o apoio ao empreendedorismo — com “incubadoras, programas de aceleração e apoio institucional” e as “inúmeras conferências e encontros”. Além da qualidade de vida, é claro, relatado pela Forbes como um país com “uma herança cultural muito rica, um clima fantástico, paisagens belas e uma ótima forma de viver”.




Sugerido por MGID

Loading...



Entrega casacos sou de algodão

Abapa realiza a doação de agasalhos para estudantes de localidade da zona rural de Barreiras, no oeste da Bahia

Vigília em homenagem à vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco e ao motorista Anderson Gomes em Curitiba

Anistia Internacional exige atuação estratégica do Ministério Público no caso Marielle Franco