in

Estudantes irão expor 94 obras de artes visuais na Arena Fonte Nova

Mostra de Artes Visuais Estudantis na Flica. Foto: Marçal Dutra
Exposição do AVE na Alba
Exposição do AVE na Alba. Foto: Divulgação

As experiências criativas dos estudantes da rede estadual retratadas em 94 obras estarão expostas na 9ª Mostra de Artes Visuais Estudantis (AVE), dentro do 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual, de 21 a 23/11, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O Encontro será aberto ao público, das 8h às 18h, e reunirá, ao todo, mais de 4 mil estudantes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), que irão apresentar, ainda, projetos de ciência, esporte, cultura, empreendedorismo, inovação, tecnologia e de intervenções sociais.

Pelo AVE, o público visitante poderá conferir quadros, através dos quais os alunos revelam a sua percepção de mundo – seja pela vida cultural, social, política ou religiosa – que os cerca. Este projeto tem o objetivo de estimular a criação de obras de artes visuais nos contextos escolares, assim como a va­lo­ri­zação das ex­pres­sões cul­tu­rais re­gi­o­nais, visando a am­pli­ação do co­nhe­ci­mento. Os estudantes que irão expor no Encontro Estudantil passaram por seletivas escolares e territoriais, durante o ano letivo de 2016.

A coordenadora de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação do Estado, Nide Nobre, destaca o valor das obras finalistas do AVE. “Os nossos artistas apresentam autorretratos de sua vida estudantil, bem como revelam sua visão de mundo sobre tudo ao seu redor. Não há nada na natureza e na sociedade que escape da sensibilidade deles e eles apreendem o mundo em em preto e branco e em traços coloridos, mostrando a multidisciplinaridade da vida cultural e artística em pinturas que realçam temas diversos”.

Mostra de Artes Visuais Estudantis na Flica
Mostra de Artes Visuais Estudantis na Flica. Foto: Marçal Dutra

Temáticas – Por caminhos distintos e usos de técnicas variadas, acrescenta a coordenadora, os estudantes, independente da linguagem artística, abordam a complexidade e a diversidade da vida cultural, retratando a beleza do mundo oriunda da natureza (o mar, os rios, o sol, as matas, as flores, as aves, as borboletas) e do cotidiano da vida social, das expressões de lugares reais e imaginários, do ambiente escolar e do mundo do conhecimento e das expressões e manifestações culturais (negros, índios, mestiços, mulher, corpo e sedução).

Temas como a seca do Nordeste; o desmatamento; a violência contra a mulher, a temporalidade como expressão de vida; as diferenças sociais; a importância da leitura e a liberdade, em uma releitura nas artes visuais de Navio Negreiro, em comemoração aos 170 anos de Castro Alves, entre outros tantos, estarão estampados nos quadros de autoria dos estudantes, no Nivel 6 da Arena, durante o encontro.

Artes visuais – Criado em 2008, o Artes Vi­suais Es­tu­dantis (AVE) trata de um pro­jeto pi­o­neiro da Secretaria da Educação do Estado, de ca­ráter edu­ca­tivo, ar­tís­tico e cul­tural, en­volvendo es­tu­dantes do 6º ano do En­sino Fun­da­mental ao 3º ano do En­sino Médio e equi­va­lentes (Edu­cação de Jo­vens e Adultos – EJA, En­sino Normal e Tec­no­ló­gico) da rede es­ta­dual, além de pro­fes­sores de Língua Por­tu­guesa, Arte e dis­ci­plinas afins, co­or­de­na­dores pe­da­gó­gicos, di­re­tores das es­colas e dos Nú­cleos Ter­ri­to­riais de Edu­cação (NTE) e téc­nicos da Se­cre­taria.






Sugerido por MGID
Loading...


Folha Geral é um portal/jornal/revista online conhecido no Brasil e no mundo por abordar os principais assuntos do cotidiano nacional e internacional.

Deixe uma resenha

saida de emergencia, emergency-exit-1256081

São Paulo vai contar com serviço de alerta de desastres naturais

Rui Costa - Papo Correria

Rui anuncia mil vagas para concurso da Polícia Civil