em de

Governo capta recursos para nova etapa da Adutora do Algodão

O Ministério da Integração autorizou R$ 1 milhão para a continuação da segunda etapa da Adutora do Algodão. O equipamento, que já abastece sete cidades, vai passar a atender o município de Caetité. Foto: Mateus Pereira/GOVBA
O Ministério da Integração autorizou R$ 1 milhão para a continuação da segunda etapa da Adutora do Algodão. O equipamento, que já abastece sete cidades, vai passar a atender o município de Caetité. Foto: Mateus Pereira/GOVBA
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), dá mais um passo em prol da universalização do acesso ao abastecimento de água tratada na Bahia. O Ministério da Integração, atendendo a pedido do secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, autorizou, nesta segunda-feira (26), R$ 1 milhão para a continuação da segunda etapa da Adutora do Algodão.
 
O equipamento, que já abastece, com água do rio São Francisco, cerca de 200 mil pessoas de sete cidades e quatro localidades rurais da região de Guanambi, vai passar a atender Caetité. Outros R$ 2,3 milhões já haviam sido liberados e estão disponíveis para a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), somando R$ 3,3 milhões para esta fase da intervenção.
 
Segundo o secretário, essa nova etapa vai alcançar mais de 50 mil habitantes no município de Caetité. “Essas pessoas, desde o ano passado, vêm sofrendo muito com o racionamento na distribuição de água por conta da seca e essa intervenção, sem dúvida, dará segurança hídrica para os que residem na região”, destacou Cássio Peixoto.
 
O presidente da Embasa, Rogério Cedraz, frisa que estavam pendentes equipamentos e energização no trecho que liga o sistema adutor de Caetité até a localidade de Maniaçu. “Com a liberação da verba por parte do Ministério, teremos em breve uma solução para o abastecimento dessa região semiárida”, afirmou. Cedraz lembou ainda que o empreendimento inclui uma estação de tratamento de água, uma estação de tratamento de lodo e seis reservatórios. A estação de tratamento de água tem capacidade para produzir 450 litros por segundo de água tratada.
Ascom/Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS)

Comunicar erro



Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...


Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)




Bancos reabrem em grande parte do país nesta terça-feira

Prefeitura de Goiânia transfere feriado do servidor público para sexta-feira