Pela primeira vez, Sorocaba mergulha nos mistérios da astronomia
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Notícia

Pela primeira vez, Sorocaba mergulha nos mistérios da astronomia

Leitura: 3 minutos

Leitura: 4 minutos

Qual o tamanho do Sol? Como comparar o volume entre a Terra, Marte e Saturno, o planeta com os famosos anéis? Como lançar um foguete de garrafa pet? Esses mistérios da ciência, da astronomia e da astronáutica vão ser desvendados por professores de Sorocaba e região durante o 83º Encontro Regional de Ensino de Astronomia (EREA). Pela primeira vez no município, o evento gratuito acontece no dia 14 de junho, das 8h às 18h, no campus do Centro Universitário Facens.

Realizado pela Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, com o apoio da Facens, o EREA tem como principal objetivo capacitar professores de diferentes regiões do país no ensino de astronomia e ciências espaciais, além de aproximar astrônomos e membros da Sociedade Astronômica Brasileira e da Agência Espacial Brasileira.

Programação

Durante a programação, os participantes vão aprender a construir foguetes de garrafa pet e bases de lançamento. Vão acompanhar oficinas práticas que vão ensinar a desenhar as órbitas dos planetas e cometas até de olhos fechados, além de saber qual a diferença de tamanho entre o Sol e os planetas.

O encontro é comandado pelo coordenador nacional da OBA, o astrônomo e professor Dr. João Canalle, que é uma das maiores autoridades em ciências espaciais na América Latina.

Ensino divertido

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

Canalle ressalta que o Encontro tem o intuito fornecer informações atualizadas sobre astronomia, além de ensinar professores a apresentar a astronomia de modo lúdico e divertido para estudantes de todas as idades.

O coordenador da OBA lembra que os conteúdos de astronomia e astronáutica permitem tocar o imaginário das pessoas. Com as atividades práticas, os estudantes são instigados pela curiosidade. “Os jovens ficam mais envolvidos com a aula e ‘deixam de lado’ os celulares ou conversas paralelas”.

– Já vimos diversos exemplos de alunos que estavam desanimados, mas que reencontraram o desejo de estudar após a participação na escola em experimentos científicos lúdicos e em olimpíadas científicas. Acreditamos que a educação tem o poder de transformar vidas. Para isso, precisamos estar atentos não só com que ensinamos, mas também a forma como apresentamos o conteúdo – ressalta.

– O Centro Universitário Facens apoia o Encontro Regional de Ensino de Astronomia (EREA) e a Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) pois acredita que o desenvolvimento de alunos cidadãos preparados para a vida extrapola suas atividades em sala de aula. Desde 2023 valorizamos os estudantes medalhistas com a abertura das Vagas Olímpicas, destinadas aos que se dedicam a estas competições em todo o país. Para que eles cheguem ao pódio e à universidade, os professores do Ensino Médio também precisam estar preparados e incentivar o interesse na participação em Olimpíadas no Conhecimento nas escolas onde atuam, por isso esse encontro é tão fundamental – ressalta o reitor do Centro Universitário Facens, Fabiano Marques.

Professor João Canalle - OBA (Foto: Divulgação)
Professor João Canalle – OBA (Foto: Divulgação)

Organizadores

A OBA é realizada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), conta com o apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Deputados Federais Tabata Amaral, Janones, Vitor Lippi, Senador astronauta Marcos Pontes, UERJ, e é patrocinada pela Universidade Paulista (UNIP), Centro universitário Facens e BTG Pactual.

A OBA ainda tem como Embaixadores os canais Manual do Mundo, Space Today, Física Total e AstroBioFísica.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

*Este conteúdo é de inteira responsabilidade da assessoria de imprensa

Veja também

Saúde

Em pesquisa dinamarquesa, programa de um ano de exercícios permitiu ganhos expressivos que compensaram perda muscular posterior; ideal é que atividades físicas sejam praticadas...

Notícia

Na trend, trabalhadores compartilham os benefícios que recebem das empresas

Notícia

Estudo aponta que região da Lagoa Azul, em Porto Seguro, deveria ser transformada em unidade de conservação

Notícia

Bahia inicia emissão nesta terça-feira, (9). Só faltam mais dois estados para todo o país aderir ao documento

Publicidade

Publicidade