(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

As multas de trânsito são uma dor de cabeça na vida de diversos condutores e donos de automóveis, principalmente no Brasil.

Além delas, ainda existem outras obrigações a serem pagas, como é o caso dos impostos, que podem, muitas vezes, ser bastante pesados para pagar. Um exemplo é o IPVA, que é cobrado anualmente pelo estado.

Por conta disso, surgiu um projeto que visa ajudar os donos de veículos e motoristas a receberem benefícios por seu bom comportamento diante das leis e obrigações com os órgãos responsáveis pelo trânsito brasileiro.

Assim, para entender mais sobre o assunto, acompanhe este artigo especial e confira esse novo recurso criado!

A relação entre as multas de trânsito e o IPVA

O IPVA, Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores, é um tributo que os proprietários de carros precisam pagar e, muitas vezes, é um valor que pode pesar no bolso de algumas pessoas.

Por isso, existem algumas maneiras de conseguir um desconto no pagamento dessa taxa, como quando a pessoa não tem multas de trânsito. Só que não são todos os estados do Brasil que contam com essa vantagem, mas apenas alguns deles têm a possibilidade de reduzir o valor do IPVA. São eles:

  • No Norte: são os estados do Pará, com 15% de desconto para quem estiver há dois anos sem pegar multas, e Amazonas, com reduções diferentes conforme o tempo sem multas, 10% (para 1 ano), 15% (para 2 anos) e 20% (para 3 anos);
  • No Nordeste: o Ceará reduz a alíquota de 1% para motocicletas, triciclos, motonetas e ciclomotores, mas isso para aqueles que não cometerem infração um ano antes;
  • No Centro-Oeste: em Goiás, os motoristas que não cometerem infrações no ano anterior podem conseguir até 50% de desconto no IPVA de veículos populares e motocicletas que têm até 125 cilindradas;
  • No Sul: já no Rio Grande do Sul o desconto também é de até 15%, mas precisa ter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em dia e registrada no estado.

Está previsto que isso se estenderá para o país todo por conta de um cadastro de bons condutores que, além dessa, traz muitas outras vantagens para motoristas bem avaliados.

Mais algumas informações relevantes

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) é o responsável por publicar o RNPC (Registro Nacional Positivo de Condutores) que permite os benefícios aos motoristas.

Assim, é possível fazer o cadastro pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito ou pelo Portal de Serviços da Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito), mas lembrando que essa medida é para pessoas que não possuem multas de trânsito e estão com o licenciamento em dia.

Além dessas vantagens, ainda dá para encontrar uma maneira de pagar multa com desconto que é com o cadastro no SNE (Sistema de Notificação Eletrônica), com até 40% de redução na taxa.

Carolina Glogovchan

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora