em

ABNT e a sua atuação na proteção e privacidade de dados

A Associação Brasileira de Normas Técnicas é o órgão responsável por padronizar a produção científica e acadêmica em todo o país

(Foto: Divulgação)

Atualmente é só falar da ABNT que qualquer universitário ou pesquisador já fica de cabelo em pé. Isso ocorre pois a Associação Brasileira de Normas Técnicas é o órgão responsável por padronizar a produção científica e acadêmica em todo o país.

Ou seja, se você precisa utilizar de fonte Times New Roman ou Arial de tamanho 12 em seus trabalhos acadêmicos, é graças às normas da ABNT, que instruem todos os trabalhos a serem realizados e publicados nestes moldes.

Contudo, a ABNT possui diversas outras atuações importantíssimas para a manutenção da ciência e da sociedade brasileira em geral. Inclusive, muitas pessoas podem não saber muito bem sobre estas atuações da ABNT.

Por exemplo, nas últimas semanas, a ABNT foi essencial na elaboração de um guia para o combate e prevenção de incêndios, dentro do quadro atual de degradação ambiental acentuada.

Portanto, quando você precisar fazer uma referência bibliográfica de site na ABNT, não odeie a associação e suas normas e lembre-se de que sem ela, a ciência no país possivelmente não seria a mesma!

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Criação de uma nova norma para a proteção de dados

Além do combate e prevenção a novos incêndios, recentemente a ABNT criou uma nova norma que estabelecerá boas práticas para a proteção e segurança de dados pessoais ou sigilosos.

Atualmente, no dia-a-dia, as pessoas tendem a usar diversas ferramentas digitais, aplicativos, programas e plataformas que podem colocar seus dados em situações comprometedoras, através do contato com usuários mal intencionados.

Logo, nos dias de hoje é possível ver que a atuação de profissionais das áreas de Segurança de Informação e Tecnologia da Informação está extremamente em alta, sobretudo em um período de pandemia.

Mediante a isso, a ABNT estabeleceu há alguns anos o seu conjunto de normas NBR ISO/IEC 27701 e ela é voltada para técnicas na área de Segurança da Informação que poderão, como dito anteriormente, garantir mais segurança para dados sigilosos e confidenciais de usuários individuais ou empresas.

O documento irá fornecer diretrizes e instruções para controladores de dados pessoais que possuem responsabilidade sobre dados sigilosos e confidenciais.

Além disso, a proteção de dados sigilosos tem sido um assunto que anda extremamente em alta desde a instauração da Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD.

Esta lei diz que empresas e órgãos que cometerem vazamento de dados podem pagar multas de até 2% de seu faturamento anual bruto, chegando em um limite de até 50 milhões de reais.

Importância da proteção de dados e da segurança da informação

Nos dias de hoje, as informações e transações passaram a ser realizadas inteiramente de maneira digital, o que deixa inúmeros rastros que podem ser aproveitados por hackers e outros usuários mal intencionados na rede.

Neste cenário, a importância da Segurança da Informação é imensa, de maneira que a maior parte das empresas, grupos e conglomerados necessitam de equipes especializadas que atuem na segurança de seus dados sigilosos.

Existem alguns conceitos básicos sobre a segurança da informação que devem ser priorizados por profissionais e equipes especializadas:

  1. Confidencialidade → Garantir que a informação seja acessada apenas pelos responsáveis diretos
  1. Integridade → Garantir que a informação não seja alterada nem excluída
  1. Disponibilidade → Garantir que o acesso às informações e aos sistemas seja disponível apenas para usuários autorizados
  1. Autenticidade → Garantir a identidade de quem está enviando a informação

Além disso, diversos profissionais chamam a atenção para o fato de que a Segurança da Informação não se resume apenas aos sistemas, mas também às pessoas, comunicação, equipamentos e hardwares utilizados nos processos diários.

Considerações finais

Em um cenário de digitalização e modernização da sociedade como um todo, seja nos campos do comércio, da educação, da economia ou dos serviços, a atuação do profissional em Sistemas de Segurança é essencial.

Além disso, é possível ver que com o parecer da ABNT, juntamente à situação de pandemia vivida atualmente, o profissional em TI e Sistemas de Segurança será extremamente requisitado.

Isso ocorre pois neste quadro, cada vez mais setores, empresas e grupos migrem para o mundo digital. Grande exemplo disso são as jornadas em home office, vistas atualmente e a dinâmica de aulas remotas devido à suspensão das aulas presenciais.

Portanto, cada vez mais este profissional será requisitado e sua atuação tende a ser também cada vez mais necessária na sociedade.

(Foto: Divulgação)

Após quase morrer de câncer, a solidariedade

Imagem ilustrativa (Foto: Freepik)

Enem: 7 técnicas de memorização para melhorar os estudos