Parceria com o Cesar vai tornar Porto de Suape o mais moderno do país
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Notícia

Parceria com o Cesar vai tornar Porto de Suape o mais moderno do país

A iniciativa surge a partir dos desafios de sustentabilidade econômica, eficiência operacional e aumento da movimentação que apontam para uma contínua busca de maior competitividade nos cenários nacional e internacional

Leitura: 5 minutos

O Porto de Suape celebra mais uma parceria em benefício da inovação tecnológica de suas atividades, que vai transformá-lo no mais moderno do país. Desta vez, a iniciativa acontece com o renomado Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR), localizado no ambiente do Porto de Digital, e tem como objetivo auxiliar a estatal no desenvolvimento de soluções inovadoras para renovar e agilizar as operações, além de suprir as necessidades de comunicação com o setor portuário do Brasil e do mundo.

A iniciativa surge a partir dos desafios de sustentabilidade econômica, eficiência operacional e aumento da movimentação que apontam para uma contínua busca de maior competitividade nos cenários nacional e internacional. Nos portos de classe mundial são utilizadas plataformas que visam a integração de sistemas, comunicação entre anuentes e automação de processos, os chamados Port Comunity System – PCS (Sistema da Comunidade Portuária).

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O desenvolvimento de uma plataforma integrada, além de promover maior interação entre os atores envolvidos na operação portuária como armadores, operadores, agentes marítimos, órgãos fiscalizadores, a autoridade portuária, fará com que Suape passe a figurar como um hub de geração e difusão de inovação e tecnologias emergentes, voltado para a eficiência na logística portuária. O trabalho foi iniciado há dois anos com o processo de transformação digital do atracadouro, com a estratégia de estreitar os laços entre o setor da logística portuária e o ecossistema de inovação do Porto Digital, do qual o CESAR faz parte.

“Suape já adota medidas rígidas de compliance e governança para garantir transparência da nossa operação e a parceria com o CESAR não apenas conecta todos os agentes das movimentações no porto, como também amplia e simplifica a comunicação com clientes e autoridades portuárias. Na prática, representa mais velocidade nos processos, mais ganhos de tempo nas rotas integradas a Suape e ainda mais transparência para fazer do nosso porto um lugar cada vez mais digital e seguro para se fazer negócios”, ressalta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio.

O diretor-presidente da estatal portuária, Roberto Gusmão, lembra que Suape foi um dos quatro portos brasileiros escolhidos para integrar um grupo de trabalho para a construção do PCS nacional, tendo, inclusive, sido reconhecido pela Secretaria Nacional de Portos como um case de inovação para todo o Brasil. “Com a parceria com o CESAR, vamos elevar ainda mais a digitalização e a modernização de nossas atividades neste novo mundo físico e digital, ou figital. A meta é ter um porto em Pernambuco conectado, o quanto antes, com as plataformas globais das comunidades portuárias do país e de todos os continentes”, pontua Roberto Gusmão.

O CESAR já desenvolveu soluções para instituições como o Exército Brasileiro e a Petrobras e disponibilizará, ao longo de dois anos, uma equipe de profissionais com expertise no assunto e experiência de mercado para criar as ferramentas de integração que resultarão na digitalização de muitas das rotinas que envolvem a operação portuária.

“Desde a nossa fundação, em 1996, temos levado inovação ao mercado na forma de educação, projetos e aceleração de startups. É com muita satisfação que apoiaremos o Complexo de Suape na construção de soluções que proporcionem aumento de competitividade e atratividade, através da transformação digital, da realização de experimentos e do desenvolvimento tecnológico, simplificando processos e cortando burocracia”, comemora Fred Arruda, CEO do CESAR.

Sobre Suape

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

Fundado há 42 anos no Litoral Sul de Pernambuco, entre os municípios de Ipojuca e Cabo de Santos Agostinho, o Complexo Industrial Portuário de Suape é considerado a âncora e a locomotiva do desenvolvimento do Estado, atraindo grandes empreendimentos em suas cadeias produtivas. Situado a apenas 40 quilômetros do Recife e instalado em uma área de 13,5 mil hectares, é um complexo que conta com 150 empresas instaladas e em implantação. Ainda contempla uma grande área de preservação ecológica, que representa 59% do território, reafirmando o compromisso da empresa com uma agenda verde e sustentável, aliando o desenvolvimento econômico com a proteção do meio ambiente. Em 2020, o porto movimentou o total de 25,6 milhões de toneladas de cargas, alcançando o recorde histórico e o quarto lugar no país no ranking da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

Sobre o CESAR

Criado há 25 anos, o Centro de Estudos Avançados do Recife (CESAR) é uma instituição privada, sem fins lucrativos, que tem como missão identificar, potencializar e concretizar oportunidades de transformação das organizações e da vida das pessoas, liderando o crescimento da capacidade brasileira de inovar. A entidade é um ICT (sigla em inglês para Tecnologia da Informação e Comunicação) genuinamente pernambucano composto por unidades de produção de softwares e ciências de dados – Desenvolvimento e Operações (D&O), laboratório – CESAR Labs e centro de formação e especialização (CESAR School). Conta com mais de 900 colaboradores distribuídos em Pernambuco, São Paulo, Paraná e Amazonas. Figura entre as suas competências operar ciclos completos de inovação aberta, pesquisa e desenvolvimento, ministrar cursos de especialização, mestrado e doutorado, além da construção de sistemas robustos.

*Com Agência de Notícias

Veja também

Notícia

Na trend, trabalhadores compartilham os benefícios que recebem das empresas

Notícia

Estudo aponta que região da Lagoa Azul, em Porto Seguro, deveria ser transformada em unidade de conservação

Notícia

Bahia inicia emissão nesta terça-feira, (9). Só faltam mais dois estados para todo o país aderir ao documento

Notícia

A primeira via do documento é gratuita. A solicitação deve ser feita no portal ou aplicativo ba.gov.br

Publicidade

Publicidade