em

Multas e IPVAs atrasados recebem autorização para serem parcelados

Motoristas que têm multas atrasadas e débitos de veículos podem pedir o parcelamento da dívida em até 12 vezes no cartão de crédito ou pagar com o débito

(Imagem ilustrativa/Divulgação)

Todo início de ano, donos de automóveis em todo o país precisam se preparar para fazer o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, o famoso IPVA. A quitação anual do imposto pode ser feita à vista com desconto ou parcelado em 3 vezes, no próprio sistema do Detran.

A sonegação do IPVA implica em multa e impede o proprietário do veículo de requerer o licenciamento, que também é anual e deve ser pago conforme mês vinculado ao final da placa do automóvel. Dessa forma, quem possui IPVA atrasado ou multas, precisa realizar a regularização para, só então, quitar o imposto do ano vigente.

A boa notícia é que motoristas que têm multas atrasadas e débitos de veículos podem pedir o parcelamento da dívida em até 12 vezes no cartão de crédito ou pagar com o cartão de débito. A mesma medida foi anunciada em dezembro de 2018, mas teve sua determinação suspensa após o lançamento. Contudo, para este ano, o parcelamento foi novamente autorizado e já pode ser feito por meio de empresas financeiras credenciadas ao Detran.

Além das multas em atraso, IPVA, seguro Dpvat, licenciamento e outros débitos também poderão ser parcelados nas mesmas condições.

Segundo determinação do Detran, o valor mínimo da parcela para o proprietário do veículo pagar sua dívida veicular em 12 vezes no cartão de crédito é de 50 reais. O parcelamento está disponível no site do Detran, e é preciso escolher uma das empresas credenciadas para realizar o serviço.

De acordo com o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder, essa é uma medida que ajuda o brasileiro a colocar as dívidas em ordem e rodar com seu veículo legalizado: “certamente é oportunidade para as pessoas reorganizarem suas finanças, desafogando as pendências das multas e evitando as consequências de uma inadimplência”, explica.

Ainda conforme o Detran, após efetuado o acordo com a empresa financeira, a quitação de débitos deverá acontecer em até 30 dias. Após esse prazo, o motorista poderá regularizar a situação do veículo. Ainda segundo o órgão, as condições de parcelamento, como cobrança de taxa de juros e prazo de pagamento, serão negociadas entre o proprietário do veículo e a empresa financeira.

(Imagem ilustrativa/Divulgação)
(Imagem ilustrativa/Divulgação)

Como pagar o IPVA e multas em parcelas?

  1. Acesse o site do Detran;
  2. Clique no menu “Infrações”;
  3. Acesse o item “Pagamento de Débitos”;
  4. Em seguida, clique em“Parcelamento de Multas (cartão)”;
  5. Clique no link das empresas credenciadas para dar prosseguir com o serviço;
  6. Informe os dados da placa e Renavam;
  7. Visualize os débitos em aberto e que podem ser parcelados;

Selecione os débitos a serem quitados e faça o pagamento via cartão, em até 12x ou na função débito.

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

(Imagem: Folha Geral/Divulgação)

Bahia registra 2.548 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

(Foto: Alberto Maraux/SSP)

Bahia recebe mais de 376 mil doses de vacina contra a Covid-19