em

#OrgulhoConecta: TIM celebra a diversidade no mês do Orgulho LGBTI+

Campanha da operadora busca conscientização para combater a LGBTfobia com ações educativas e histórias de amor e aceitação nas redes sociais;

(Foto: Divulgação)

A TIM valoriza e apoia a diversidade para construção de uma sociedade cada vez mais inclusiva. Por isso, a operadora preparou uma série de ações que celebram o Dia do Orgulho LGBTI+ (28/06) e incentivam o diálogo nas suas redes sociais e canais internos para que mais pessoas conheçam, entendam e combatam a LGBTfobia. A iniciativa conta com a participação de influenciadores em uma ação digital com o mote #OrgulhoConecta, além de um evento online para debater os desafios da comunidade LGBTI+ no mercado de trabalho.

“Promover ações educativas e de combate à discriminação faz parte da evolução de uma cultura sempre mais inclusiva. As iniciativas para celebrar o Dia do Orgulho LGBTI+ reforçam a importância do respeito às pessoas e da não tolerância a qualquer tipo de discriminação. É importante refletir e dar suporte a iniciativas concretas para superar as dificuldades que essa comunidade enfrenta também no mercado de trabalho”, explica Maria Antonietta Russo, VP de Recursos Humanos da TIM Brasil.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O evento virtual TIM Convida: Orgulho LGBTI+ acontecerá no dia 26 de junho, às 15h, com transmissão no canal da operadora no YouTube (youtube.com/timbrasil). Participam Reinaldo Bulgarelli, Secretário Executivo do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+; Maite Schneider, co-fundadora da TransEmpregos; Lucas de Abreu Maia, jornalista e cientista político; e Consuelo Cruz, editora de conteúdo do canal GNT e uma das líderes do grupo de afinidade étnico-racial do Grupo Globo. A mediação será do influenciador digital AD Júnior. O grupo conversará sobre os desafios e conquistas de pessoas LGBTI+ no mercado de trabalho e como as empresas podem colaborar para promover a inclusão no ambiente corporativo. Pesquisa do LinkedIn e Opinion Box, por exemplo, mostrou que 35% dos profissionais LGBTI+ afirmam ter sofrido discriminação no emprego e mais da metade não se sente confortável em expor sua orientação sexual ou identidade de gênero no trabalho.

A operadora patrocinou ainda, no último dia 14, a 1ª Parada Virtual do Orgulho LGBT. Desde então, sua logomarca estampa as cores do arco-íris em diferentes canais proprietários e também em videowalls nas lojas que já estão abertas em alguns Estados. Em seguida, a campanha #OrgulhoConecta convocou um “twittaço” com cerca de 20 influenciadores, que convidaram internautas a postarem suas histórias de amor, superação e aceitação usando a hashtag da ação. As melhores postagens estarão em um vídeo que será veiculado no próprio dia 28 de junho, nas redes sociais da TIM. A ação também traz conteúdos sobre representatividade, inclusão e identidade LGBTI+ com o influenciador digital Murilo Araújo, criador do canal Muro Pequeno que aborda e discute temas sociais, além de ser referência na luta contra o racismo e homofobia.

O tema também tem sido abordado internamente na TIM, por meio de ações e conteúdos que mostram a importância e história do Dia do Orgulho, conceitos e atitudes essenciais para inclusão de pessoas LGBTI+ e reflexão sobre expressões e atitudes LGBTfóbicas que devem ser eliminadas do dia a dia. A TIM lançará em breve grupos de afinidade – incluindo o pilar LGBTI+ – com participação de colaboradores de todo o Brasil, que apoiarão a companhia no desenho e implementação de novas ações para a construção de um ambiente corporativo ainda mais inclusivo.

Da Folha Geral, com assessoria

Este conteúdo é de inteira responsabilidade da assessoria de imprensa

Foto: Divulgação

Cruzeiro do Sul Virtual promove Jornada do Conhecimento on-line

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

Governo anuncia lançamento de sistema para facilitar acesso à legislação brasileira