em

Barreiras dá início ao Projeto de Recuperação e Conservação da Microbacia Hidrográfica do Rio de Ondas

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Os primeiros resultados da parceria firmada entre Prefeitura de Barreiras, Codevasf e Instituto AIBA (Iaiba), por meio de um acordo de cooperação técnica, começam a dar resultado com o início da execução do Projeto de Recuperação e Conservação da Microbacia Hidrográfica do Rio de Ondas. A parceria entre as três instituições prevê a realização de estudos, elaboração de projetos e viabilização de trabalhos em prol da recuperação dos corpos hídricos, objetivando a conservação e recuperação de nascentes, áreas de recarga hídrica e processo erosivo.

Os trabalhos previstos no projeto da Microbacia do Rio de Ondas consistem na execução de obras e serviços de recuperação hidroambiental como construção de bacias de acumulação e infiltração de água, readequação de estradas vicinais, terraceamentos, construção de bebedouros coletivos, implantação de cercas de proteção de APPs, instalação de placas de sinalização com mensagens educativas, realização de atividades de capacitação e educação ambiental.

As primeiras ações foram iniciadas na comunidade de Forquilha do Rio onde fica localizado o encontro do Rio de Pedras com o Rio de Ondas. As intervenções beneficiarão ainda as localidades de Tamanduá, Gentil, Boca do Gerais, Val da Boa Esperança, Mocambinho, Riacho de Areia, Refrigel, Extrema, Sucuriú, Fazendinha e Adjacências. De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Turismo de Barreiras, Demósthenes Júnior, os trabalhos estão bastante avançados, com ênfase as construções das bacias de acumulação e infiltração de águas pluviais.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

“Das 140 bacias de acumulação e infiltração das águas das chuvas previstas no projeto, já foram concluídas 30, em todas estas áreas serão implantados os terraceamentos e as adequações das estradas vicinais. É um trabalho que vai contribuir para reter as enxurradas, aumentar a infiltração da água no solo e minimizar os efeitos provocados pela elevação hídrica, evitando a erosão e o assoreamento de rios, riachos, veredas e nascentes. Esta ação, associada ao cerceamento das áreas de preservação permanente, aumentará o processo de recarga do aquífero contribuindo para a o aumento da quantidade e qualidade da água do Rio de Ondas”, explica o secretário.

Desde que o acordo de cooperação técnica foi celebrado, no início deste ano, foi possível obter um diagnóstico preciso, mobilizar as comunidades e definir as obras e serviços de recuperação e conservação de solo e água. Em comum acordo durante uma reunião com o prefeito Zito Barbosa (DEM) e os representantes do Iaiba e da Codevasf, ficou definido que o início das atividades e das ações de recuperação hidroambiental seria na Microbacia Hidrográfica do Rio de Ondas, localizada na Sub-Bacia do Rio Grande e Bacia do Rio São Francisco, região que vai da comunidade de Forquilha do Rio até as comunidades adjacentes ao Val da Boa Esperança.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

*As informações são da Prefeitura de Barreiras

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

A Secom gastou mais de R$ 28 milhões em campanhas veiculadas na Record, controlada por Edir Macedo. O líder da Igreja Universal do Reino de Deus esteve presente na posse de Bolsonaro e participou da comitiva de pastores que apoiam o presidente (Foto: Alan Santos/PR)

Governo gastou mais de R$ 30 milhões em rádios e TVs de pastores que apoiam Bolsonaro

(Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)

Caixa credita hoje e amanhã primeira parcela de auxílio emergencial