em

Sucesso na arrecadação de alimentos, Abapa integra Drive Thru Solidário em Barreiras

(Foto: Divulgação)

No último final de semana, entre os dias 22 e 24 de maio, o barreirense demonstrou solidariedade e empatia ao levar donativos, cestas básicas completas e alimentos até os dois pontos do Drive Thru Solidário. A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) foi apoiadora do evento, organizado pela TV Oeste em parceria com a Prefeitura Municipal, ao presentear com máscaras 100% algodão e disponibilizar profissionais para garantir suporte nos pontos de arrecadação.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A estrutura no modelo Drive Thru foi montada em frente à Câmara de Vereadores e Praça dos Sentidos na Vila do SAS, e faz parte da campanha Uma Rede Por Todos, idealizada e executada pela Rede Bahia através da TV Oeste em parceria com a Central de Doadores e Prefeitura de Barreiras. Voluntários se uniram para receber doações de alimentos, limpeza e itens de higiene pessoal que serão repassados para as famílias e instituições sociais do município, que atendem principalmente em bairros com maior índice de vulnerabilidade social.

Para Zezé Campos, diretora da TV Oeste e coordenadora da ação, o resultado das arrecadações foi bastante positivo, sendo a ação estendida por mais um dia, encerrando no domingo, 24. “O barreirense tem um grande espírito solidário. Na foram arrecadadas mais de 5 toneladas de alimentos não perecíveis”, afirma. Para o diretor-executivo da Abapa, Lidervan Morais, esta foi mais uma oportunidade para que a sociedade pudesse colaborador e ajudar as pessoas que tanto precisam neste momento de pandemia.

Prestes a completar 20 anos, a Abapa vem demonstrando o seu apoio à sociedade baiana ao garantir o aporte de R$ 1,3 milhão em ações de enfrentamento ao novo coronavírus. A entidade contribuiu com equipamentos e insumos para a implantação do laboratório de testes para a Covid-19, doação de toalhas 100% algodão e materiais de saúde e de proteção para profissionais das unidades hospitalares no oeste da Bahia, além de distribuir cerca de 700 mil metros de tecidos para a produção e distribuição de até 700 mil máscaras em toda a Bahia.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Brasileiros usam projeções em edifícios para divulgar mensagens durante a quarentena

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Maio termina muito frio e com geada no Brasil