Quem pegou um ônibus da Viação Transpen para passar o período de isolamento social no Paraná, com os familiares, está podendo acompanhar diversas projeções que estão acontecendo em algumas das cidades. Essa foi a maneira segura que os moradores do estado encontraram para transmitir mensagens positivas durante a quarentena da Covid-19.

As mensagens transmitidas nas fachadas dos prédios vão desde agradecimentos aos profissionais da saúde, e demais pessoas que trabalham em serviços essenciais, até cuidados necessários para se tomar e evitar o contágio da doença. Moradores dos edifícios se surpreenderam, positivamente, com a iniciativa. Alguns, inclusive, aderiram a ela.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

No Paraná, um casal que trabalha com projeção audiovisual teve a ideia de motivar os moradores da região com mensagens nos prédios vizinhos. Inicialmente, os dois trabalharam anonimamente, mas, conforme a ação fez sucesso e outras pessoas se envolveram, a identidade deles foi revelada.

Pensando em quem mora mais distante do bairro deles, o casal fez com que as projeções pudessem ser vistas a até 40 metros de altura. Todas as noites, as mensagens são reproduzidas, reforçando, além de tudo, a ideia de que todos estão juntos, mesmo que cada um em sua casa.

Outros estados

Em Goiânia, as projeções em prédios se tornaram um projeto em que, não só os moradores de alguns bairros, mas, também, os internautas podem acompanhar as mensagens de apoio, todas as noites, por uma hora e meia. Batizada de “abraço à distância”, a ação foi idealizada por um grupo de cinco amigos, que pretende fazer este trabalho até o final da quarentena.

Para quem mora em uma região em que não é possível acompanhar as “divulgações” nos prédios, pode assisti-las pelas redes sociais de uma das participantes da ação, a produtora cultural Cláudia Fernandes. O grupo afirma que a emoção das pessoas que recebem as mensagens é muito gratificante e faz com que eles queiram dar continuidade ao projeto.

A capital de Minas Gerais é outra região que foi contemplada com as projeções em edifícios. O Hospital das Clínicas de Belo Horizonte transmitiu uma mensagem de apoio aos moradores da área, com o objetivo de incentivar o comprometimento da população quanto ao isolamento social.

Já no Espírito Santo, um grupo projetou mensagens de apoio aos moradores do bairro Jardim da Penha, em Vitória, nos edifícios. A diferença é que, enquanto as mensagens eram projetadas, a música Imagine, de John Lennon, era tocada e fazia com que os espectadores se emocionassem e, até mesmo, aplaudissem a atitude.

Essa, inclusive, não foi a primeira vez que esse grupo transmitiu mensagens de apoio dessa maneira pela cidade. Durante a greve da Polícia Militar, que aconteceu em 2017, o produtor de eventos Rike Soares, um dos membros do grupo, projetou mensagens de apoio aos profissionais. Essa ação teve o apoio do Corpo de Bombeiros de Vitória e, também, da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Rike Soares, e os demais membros de seu grupo, pretende circular de carro pela cidade de Vitória, acompanhados de um veículo do Corpo de Bombeiros, para mostrar aos moradores a importância de respeitar o isolamento social e, também, de ajudar o próximo com doações de roupas, alimentos e afins, repassados aos mais necessitados.

Pedidos inusitados

Engana-se quem pensa que apenas mensagens de apoio são transmitidas nas fachadas dos prédios. Em Belo Horizonte, Sarah Gomes foi pedida em casamento pelo namorado Wildson Caldeira, que não se sentiu limitado com o isolamento social. O jovem planejava fazer o pedido antes do início da quarentena, quando se mudou para a capital mineira com a namorada. Ele desejava fazer algo criativo, que envolvessem alguns amigos do casal, até que as mensagens transmitidas nos prédios fez com que ele tivesse a ideia de pedir a amada em casamento com a ajuda de projeções, na fachada do edifício JK. 

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias