em

Covid-19: Governador anuncia toque de recolher em Itabuna e Ipiaú

Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, no início da noite desta segunda-feira (11), o governador da Bahia Rui Costa (PT) anunciou que as cidades de Itabuna e Ipiaú terão toque de recolher, já a partir desta terça-feira (12). A medida conjunta do Governo da Bahia e das prefeituras dos dois municípios valerá inicialmente por 10 dias e determina a proibição de circulação de pessoas e a suspensão de qualquer atividade comercial, com exceção de farmácias, das 20h às 5h. A resolução inclui ainda o fechamento de vias com registro de fluxo intenso, mesmo durante a quarentena. 

De acordo com o governador, esta série de providências tem o intuito de reduzir drasticamente a taxa de contágio da Covid-19 nesses municípios. “Todas as medidas objetivam diminuir consideravelmente a curva de contaminação. São dez dias decisivos para mudar os números assustadores que essas cidades têm apresentado e esperamos contar com o apoio e compreensão da população”, afirmou. 

Rui contou que também discutiu com os prefeitos dos municípios a instalação de unidades de acolhimento para pacientes com sintomas leves da doença. “Essa é outra importante medida que visa isolar esses pacientes com sintomas mais brandos por 14 dias, evitando assim o contágio de familiares e vizinhos, por exemplo. Além disso, nesse período, iremos monitorar a saúde dessas pessoas, podendo agir mais rapidamente, se forem necessários cuidados intensivos”, informou. 

O governador lembrou ainda que o projeto de lei que viabiliza o pagamento de uma bolsa de R$ 500 a quem decidir se internar nas unidades de acolhimento já foi enviado para a Assembleia Legislativa (Alba). “Serão pagos R$ 250 no sétimo dia e a outra metade no décimo quarto. É importante ressaltar que o limite de bolsas pagas será o número de casos ativos da doença no município”, alertou. 

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

(Imagem ilustrativa/Pixabay)

Como funcionam laboratórios de biossegurança

Bolsonaro manda jornalista “calar a boca” durante coletiva de imprensa (Imagem: Reprodução/Youtube CNN Brasil)

Jornalistas arriscam a vida na crise do coronavírus em meio a demissões, cortes de salário e agressões do presidente