em

Embasa continua trabalhando na recuperação de asfalto em Barreiras

A empresa se compromete a sanar o “passivo” deixado pela antiga empresa onde foram realizadas intervenções de manutenção da rede de água e esgotamento sanitário

Recomposição asfáltica da Embasa em Barreiras. Foto: Divulgação
Recomposição asfáltica da Embasa em Barreiras. Foto: Divulgação
Recomposição asfáltica da Embasa em Barreiras. Foto: Divulgação

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) continua trabalhando na recuperação asfáltica em áreas onde houve intervenção para manutenção das redes de água e esgotamento sanitário em Barreiras, no Oeste da Bahia. No último levantamento da empresa, foram contabilizados desde o mês de julho um total de 595 pontos de asfalto recuperados, dentre serviços executados até o último domingo (13), ou de pendências deixadas pela antiga empresa terceirizada.

“A população começa a perceber a diferença na recuperação do pavimento onde há intervenções ligadas principalmente aos reparos de vazamento e novas ligações, cujos serviços precisam cortar o asfalto. Tudo vem sendo executado de forma rápida e dentro do padrão especificado em acordo com a Prefeitura de Barreiras”, afirma o gerente regional da Embasa, Francisco Araújo Andrade.

Recomposição asfáltica da Embasa em Barreiras. Foto: Divulgação
Recomposição asfáltica da Embasa em Barreiras. Foto: Divulgação

Apesar de esforços de cobrança com advertências e multas pela falta de cumprimento do contrato pela terceirizada, a antiga empresa deixou cerca de 600 pontos sem recomposição do asfalto ou passeio em toda a cidade. A previsão é que as recuperações deste “passivo” seja finalizado até o mês de dezembro. “A partir deste mês uma nova empresa terceirizada foi contratada por meio de licitação pública para prestar os serviços para a Embasa, e logo nas primeiras reuniões, este será ponto fundamental para que a empresa contratada preste um serviço de qualidade para a Embasa em Barreiras e nas demais cidades da regional”, afirma.  

Parceria – A Embasa mantém a parceria com o município de Barreiras no sentido de informar, por meio da Secretaria de Infraestrutura, os pontos que vem sendo recuperados e quais aqueles onde há ainda a necessidade de intervenções do passivo deixado pela antiga empresa e das novas intervenções. O acordo também determina que, em caso de novas ligações onde existe asfalto, os usuários devem solicitar autorização da Secretaria de Infraestrutura para que a Embasa possa realizar as escavações e implantar o ramal de água.

Recomposição asfáltica da Embasa em Barreiras. Foto: Divulgação
Recomposição asfáltica da Embasa em Barreiras. Foto: Divulgação


Patrocinador
Loading...
Ilustração. Foto: Pixabay

Lei que prioriza divórcio para vítimas de violência doméstica é sancionada: “Avanço”, diz especialista

Ilustração. Foto: Pexels

Enem 2019: saiba tudo o que precisa para se destacar na prova