em

Deflagrada a Operação Safra em municípios do oeste da Bahia

Durante seis meses, o efetivo policial será reforçado para levar segurança à zona rural das comunidades produtivas

Com a aproximação do período de plantio, os agricultores do oeste da Bahia já estão com tudo pronto para dar início à safra 2019/2020. Pelo sexto ano consecutivo, eles vão poder contar com mais segurança para formar suas lavouras. É que o governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública, deflagrou, nesta quinta-feira (3), a Operação Safra, que vai estender o policiamento às zonas rurais de 12 cidades produtivas da região. O convênio que oficializa o início da ação foi assinado pela Polícia Militar, a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), em cerimônia realizada em Barreiras.

Deflagrada a Operação Safra em municípios do oeste da Bahia. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A partir de hoje e até o mês de abril de 2020, as rondas policiais vão percorrer as comunidades agrícolas, a fim de inibir a ação de bandidos, nesta época em que era comum a ocorrência de roubos de cargas na região. O efetivo da Polícia Militar também dará apoio ao trabalho da Adab no controle fitossanitário e no trânsito de fertilizantes e defensivos agrícolas.

Neste período, serão utilizadas viaturas na patrulha terrestre e um helicóptero do Grupamento Aéreo da PMBA (Graer), que estará de prontidão em sua base para decolar e fazer a varredura aérea, caso seja necessário.

“A operação trouxe mais segurança não só aos produtores, mas para toda população da região oeste. Os índices de violência no campo e na cidade tem reduzido expressivamente ano após ano”, anunciou o comandante do CPRO, Coronel Ozival.

Segundo estatísticas da PM, desde o começo da operação, em 2014, mais de 30 mil pessoas já foram abordadas nas blitze, resultando na apreensão de armas, drogas e de veículos roubados ou com alguma irregularidade, além da prisão de suspeitos e da recuperação de cargas.

Deflagrada a Operação Safra em municípios do oeste da Bahia. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O presidente em exercício da Aiba, Odacil Ranzi, destacou a importância da parceria público-privada para viabilizar a Operação Safra. “Quero agradecer à Polícia, à Adab e, em especial, ao produtor rural que abraça voluntariamente essa causa, destinando todo apoio necessário às equipes quando estas vão a campo. Unidos somos mais fortes para combater a criminalidade”, pontuou, ao ressaltar que os agricultores ajudam na logística e no acolhimento do efetivo, sempre que há necessidade.

Para o diretor da Adab, Maurício Bacelar, a Operação Safra representa uma segurança ao patrimônio do Estado. “Proteger as sementes, fertilizantes e defensivos agrícolas é proteger o patrimônio que gera riqueza não só para a região, mas para o país. Só na Bahia a agropecuária contribuiu com 25% do PIB, sem falar na geração de emprego e renda. E esta ação terá alcance de mais de 500 quilômetros para assegurar um plantio tranquilo”, destacou.

A Operação Safra é realizada pela Polícia Militar da Bahia, através do Comando de Policiamento da Região Oeste; do Comando de Policiamento Especializado; da Cipe Cerrado e 3ª Companhia de Polícia Rodoviária. Sob a coordenação do Comando de Policiamento da Região Oeste (CPRO), a ação envolve a Companhia de Policiamento Especializado – Cipe Cerrado, a 3ª Companhia de Polícia Rodoviária, a Rondesp, a CIPRV, CIPT e as 85 e 86 CIPMs. A meta desta edição é que mais de mil propriedades agrícolas sejam visitadas.



Patrocinador
Loading...
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Em quatro anos, Governo do Estado garante promoção de 18,5 mil policiais militares

Foto: Manu Dias/GOVBA

Construção Civil impulsiona a geração de empregos na Bahia em 2019