em

A Psicologia da Beleza: Renata Gama estampa capa da revista “Mais Bonita” e fala sobre vida, estética e auto-estima

Renata Gama estampa capa da revista “Mais Bonita”
Renata Gama. Foto: Divulgação

A revista “Mais Bonita”, do empresário e jornalista Oscar Müller , é uma das mais renomadas em seu segmento no Brasil, de profissionais da beleza. Comemorando seis anos de existência, e ainda relevante, a revista tem como temática cabelos, estética, bem estar e estilo de vida.

Este mês, a revista traz a psicóloga e empresária da beleza Renata Gama como capa, que tem uma história de vida diferenciada, e uma grande conexão com o mundo da beleza, por seus mais de 20 anos dedicados a essa indústria.

O mercado de estética e beleza no Brasil é extremamente relevante, e movimenta bilhões de reais, e só fica atrás dos Estados Unidos em volume de negócios.

Renata Gama estampa capa da revista “Mais Bonita”
Renata estampa capa da edição 18 da revista Mais Bonita. Foto: Divulgação

Em entrevista exclusiva, Renata Gama explica sua transição do ramo da beleza para a psicologia, e fala sobre a chamada “psicologia da beleza”, que envolve auto-estima, empoderamento e auto-afirmação. Confira:

O que a fez decidir mudar do ramo da beleza para a psicologia? A que se deu essa decisão?

Sou Psicóloga há 10 anos mas trabalhava no segmento de beleza com salão há 20 anos, e por muito tempo consegui me satisfazer e preencher cuidando dos meus clientes e minha equipe profissional. De um tempo para cá meu desejo em poder fazer mais se aflorou, e precisei ir para o consultório, aonde nele consigo realmente fazer com que as pessoas possam se permitir olharem-se mais profundamente do que apenas uma beleza exterior. É descobrir-se, redescobrir-se, e acreditar que precisamos muito menos do que pensávamos para ser feliz. Nossa maior beleza é a interna e não a externa.

Que experiências profissionais e pessoais você ressaltaria como aprendizado trazido de lá da época do salão de beleza?

Embora trabalhei 20 anos com salão de beleza, também passei pela rede Werner e isso marcou minha vida. Trabalhei lá por poucos anos, mas foi com Rudi Werner e seus colaboradores que aprendi de fato os processos internos, padronizações, logística e funcionalidade de um salão de beleza, que é um business diferenciado. Aprendi que podemos sempre ser e fazer melhor. Na verdade, tudo que é feito com e por amor sempre vale a pena.

A psicologia lida muito com conflitos internos da psique humana, com a necessidade do ser humano de encontrar o seu lugar e de sentir-se bem. O mercado da beleza, da estética, tem um pouco a ver com isso, não acha? Que paralelos você faria entre a psicologia e o mercado da beleza?

Sim, o ser humano busca afirmar-se e encontrar o seu lugar também pela beleza, e por isso existe um grande mercado para procedimentos estéticos. Infelizmente, ainda temos uma questão social de preconceito, em que muitos acham que fazer terapia é coisa de maluco, e assim pessoas sem entendimento de suas questões internas buscam amenizá-las de diferentes formas, e o Salão de Beleza é uma dessas opções. As pessoas entram com o desejo e a fala de que querem ficar mais bonitas, se sentirem melhores, mas esse sentimento é momentâneo, e após passar o encanto de uma boa maquiagem e ou uma boa escova, o “buraco” e as faltas continuam ali, sem entendimento.

Em sua opinião, o quanto a aparência e o estar e sentir-se bonita pode influenciar na vida de uma mulher?

Acredito q toda mulher preocupa-se sim com a aparência, mas não podemos deixar q isso seja pré requisito para estarmos bem e sentirmo-nos completas. A auto-estima precisa ser independente de apenas fatores externos.

Renata Gama estampa capa da revista “Mais Bonita”
Renata Gama. Foto: Divulgação


Comunicar erro





Loading...


Da Folha Geral, no Rio*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

Sem carnaval, Os Sem Folia vão mais uma vez às ruas de Tabocas do Brejo Velho

Sem carnaval, Os Sem Folia vão mais uma vez às ruas de Tabocas do Brejo Velho

Myrella Santos desfila de topless no Carnaval de SP

Gata do Flamengo, Myrella Santos desfila de topless no Carnaval de SP