Categorias
Vida saudável

Creatina: Conheça 8 benefícios do seu uso

Ela está presente em muitos alimentos e produzida pelo corpo humano

Praticantes ou não de atividades físicas, já ouviram falar sobre a creatina. Ela está presente em muitos alimentos e produzida pelo corpo humano. E é conhecida por ser fonte de energia e um dos suplementos mais utilizados por atletas e por quem busca mais intensidade durante os treinos.

No entanto, possui muitos benefícios para a saúde, onde não estão necessariamente ligados com atividades físicas e ganhos musculares. Estudos apontam que esse aminoácido auxilia inclusive para um bom funcionamento cerebral. Sendo assim, continue a leitura para entender o que é, quem pode fazer o uso e os 8 benefícios da creatina. 

Vamos lá!

O que é creatina

A creatina é um nutriente natural de origem animal sintetizado de maneira endógena pelo fígado, pâncreas e rins. Isso ocorre a partir de aminoácidos como arginina e metionina. Além disso, a creatina pode ser adquirida através de dietas, afinal, é encontrada em carnes e peixes. Contudo, é fundamental transformar ADP em ATP gerando energia rápidas.

 A partir do momento que ATP gera energia e auxilia nas contrações musculares, acaba se esgotando durante atividades físicas muito intensas. A creatina por sua vez consegue doar fosfato e evitar sintomas da fadiga.

Por que tomar creatina

A creatina age no corpo principalmente na produção de energia para as células musculares. A suplementação vai estimular a capacidade dos músculos em desempenhar suas funções, aumentando a força e o potencial durante as atividades físicas. Uma suplementação adequada, quando aliada a uma dieta equilibrada e frequência de treinos de força. Pode proporcionar inúmeros benefícios para atletas profissionais e iniciantes.

Só posso tomar creatina se faço atividade física?

A suplementação de creatina sem a prática de atividade física com o objetivo de ganho de massa muscular. Ou seja, musculação, treinos funcionais ou crossfit, podem causar ganho de peso e aumento do percentual de gordura. Isso por conta de não ter treinado para que a proteína ingerida seja utilizada para a recuperação dos músculos.

Seu uso deve ser na forma e dosagem correta para que não faça mal, não engorde e auxilie no emagrecimento, sem esquecer dos efeitos colaterais. A creatina pode ser considerada como um dos melhores suplementos para melhorar o desempenho atlético e aumentar a massa corporal magra durante os treinos.

8 benefícios do uso da Creatina

Agora que já temos uma noção mais precisa sobre esse nutriente tão falado, listamos 8 benefícios do uso da creatina. 

Acompanhe:

#1 Auxilia no combate de doenças neurológicas

As propriedades da creatina oferecem esperanças terapêuticas durante processos de neurodegeneração. O que envolve o déficit energético do sistema nervoso, fazendo com que o suplemento não seja restringido apenas aos efeitos ergogênicos.

#2 Ajuda a prevenir a doença de Parkinson

O uso da creatina auxilia na prevenção do mal de Parkinson. Isso por conseguir diminuir esse déficit energético nas células neuronais, diminuindo os danos causados na sínteses de dopamina. Possui um enorme potencial de melhorar a performance cerebral.

#3 Diminui os níveis de açúcar no sangue

Pesquisas mostram que o uso da creatina reduz os níveis de glicemia entre 15% e 20% quando comparados a pessoas diabéticas que não consomem suplementos. Sua funcionalidade não afeta os rins, órgão que mais sofre danos pelo consumo excessivo de açúcar no sangue.

Mas atenção!

Atividade física intensa pode ser prejudicial para algumas pessoas com diabetes tipo 2.

#4 Reduz a fadiga e cansaço

Conhecida por ajudar as células musculares a se recuperarem mais rápido, fazendo com que o cansaço seja menor, ou demore mais para aparecer. Quem consome creatina consegue fazer treinos mais intensos, pesados e bem mais duradouros.

#5 Melhora na recuperação

A creatina estimula a proliferação de células satélites, responsáveis pelo aumento das fibras musculares, colaborando para a recuperação muscular. Assim, são capazes de se adaptar às exigências, se adequarem às atividades e se fortalecem ao longo da recuperação.

#6 Aumenta seu desempenho em exercícios físicos

Com a suplementação de creatina os treinos ficam mais fáceis pois não atinge a fadiga rapidamente. Além disso, aliada com receitas saudáveis, colabora para a retenção de glicogênio, molécula que auxilia no combate ao cansaço. Podendo prolongar a duração dos exercícios físicos.

#7 Melhora a metilação

Não existem contraindicações para o uso no caso de problemas hepáticos ou renais, então a creatina auxilia na melhora da metilação. Sendo apenas contra indicada para casos extremamente graves, o que se aplica para vários outros suplementos.

#8 É uma suplementação segura

Além de segura é efetiva, promovendo aumento da força e massa muscular, especialmente para aqueles que realizam treinos de musculação. Além disso, reduz fadiga, melhora funções cognitivas e promove efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios.

Por fim, é uma suplementação que pode ser considerada aliada indispensável para a manutenção e saúde do coração. Pudemos perceber os inúmeros benefícios desse suplemento para a manutenção do organismo principalmente para os praticantes de atividades físicas regulares.

As informações foram úteis? 

Aproveite para saber como uma alimentação saudável auxilia na prevenção de doenças inflamatórias intestinais!

*Este conteúdo é de interira responsabilidade da autora e não representa a opinião do Folha Geral

Por Paula Moraes

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora

Sair da versão mobile