em

Benefícios do laser nos tratamentos capilares

A laserterapia é um tratamento recomendado para casos de queda de cabelo, alopecia feminina e masculina

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Além de fios sedosos e macios, cada vez mais homens e mulheres buscam por melhorar a saúde capilar, eliminando problemas como caspa, quebra excessiva ou queda de cabelo.

Devido à importância do cabelo nas questões estéticas e no bem-estar, é natural que surjam cada vez mais tratamentos capilares para superar os problemas no couro cabeludo.

Apesar dos esforços, no entanto, a queda de cabelo ainda é um queixa recorrente e de tratamento difícil, seja em homens ou mulheres.

A seguir conheça como o laser tem sido usado para tratamentos capilares, entregando bons resultados.

O que é a terapia capilar a laser?

A terapia capilar a laser consiste em um procedimento que utiliza luz de baixa intensidade visando contribuir no crescimento dos fios afetados pela calvície.

O tratamento melhora a capacidade de regeneração das células, estimulando as moléculas para promover maior velocidade no crescimento dos fios e também maior espessura.

A terapia capilar a laser, também chamada de laserterapia, promove a emissão de ondas eletromagnéticas que são benéficas à saúde do folículo capilar.

A laserterapia consiste na aplicação transcutânea de laser terapêutico vermelho, LED,  de forma contínua e por tempo determinado por cada aparelho.

O tratamento é direcionado especialmente para pacientes, homens e mulheres, que sofram com a queda de cabelo ou calvície.

O LED age diretamente no couro cabeludo, tendo ação tanto no couro quanto na raiz do cabelo.

Como funciona o tratamento?

Quando direcionado aos tratamentos capilares para amenização ou reversão da queda de cabelo, o laser utilizado tem baixa potência, que se mantém entre 1 a 500 miliwatts.

O objetivo é que haja um estímulo do couro cabeludo a partir de um processo conhecido como “fotobioestimulação”, pelo qual há a melhora do crescimento capilar.

Muitos pacientes têm receio quanto a problemas de saúde que podem ser ocasionados pelo uso do laser. No entanto, por ter uma potência muito baixa, o tratamento não apresenta riscos significativos.

As estruturas da pele, folículos capilares e haste do cabelo não sofrem danos térmicos em decorrência do uso da laserterapia. Além disso, o tratamento não resulta em efeitos colaterais ou danos associados, como aparecimento de câncer ou indução de outras doenças.

Qual a duração do tratamento?

Como o cabelo é um elemento muito significativo na imagem das pessoas, é natural que a maior parte de pessoas com problemas capilares fiquem ansiosas por um resultado rápido.

No entanto, é essencial respeitar a avaliação especializada realizada pelo médico especialista.

O dermatologista especializado em cabelos fará uma avaliação completa do problema do paciente, identificando inicialmente as causas que podem estar associadas com a queda de cabelo.

Posteriormente é recomendado o tratamento ideal, que pode ser a laserterapia ou outras condutas. 

Em seguida definem-se quantas sessões serão necessárias e qual o intervalo entre elas. Em alguns casos e dependendo do problema responsável pela queda de cabelo as sessões podem ser realizadas semanalmente. Existem casos nos quais após três sessões já foi possível controlar a queda.

Quando o tratamento com laser é recomendado?

É fundamental que o paciente tenha consciência de que a recomendação da laserterapia só poderá ser feita por um médico após avaliação do caso.

A queda de cabelo pode ser provocada por diferentes fatores, sendo que o laser é recomendado para diversos diagnósticos, como:

  • alopecia androgenética;
  • alopecia feminina;
  • eflúvio telógeno;
  • caspa;
  • dermatite seborreica.

Em casos de queda de cabelo causada por fungos ou bactérias, danos térmicos ou deficiência nutricional é importante contar com o diagnóstico e avaliação do especialista antes de iniciar o tratamento.

Destaca-se que a laserterapia ainda pode apresentar resultados satisfatórios quando realizada após a cirurgia de transplante capilar devido beneficiar a cicatrização e o crescimento dos fios.

Quais os benefícios do tratamento capilar com laser?

O tratamento capilar com laser garante uma série de benefícios aos pacientes justificando a crescente procura por essa técnica. As principais vantagens da laserterapia incluem:

  • é considerada uma técnica minimamente invasiva;
  • não causa dor, com leve aumento da temperatura no local da aplicação;
  • estimula o metabolismo e a divisão celular;
  • promove a vasodilatação e melhor irrigação dos folículos pilosos;
  • melhora a captação de nutrientes pelos folículos;
  • acelera processos de cicatrização;
  • diminui a sensibilidade e desconforto;
  • reduz a inflamação dos tecidos;
  • melhora a reabsorção de edemas.

Portanto, para pacientes com alopecia androgenética ou alopecia feminina, buscar por auxílio especializado para verificar a indicação da laserterapia é fundamental para realizar um tratamento efetivo contra a queda de cabelo.

PUBLICIDADE


Patrocinador
Loading...
PUBLICIDADE
(Imagem ilustrativa/Pixabay)

Whisky de vários jeitos: veja como diversificar a bebida

(Imagem ilustração/Divulgação)

Pratos ideais para comer antes de pular Carnaval