in ,

Madrinha de bateria da Peruche confessa inspiração de sua fantasia: “Sou sua fã”

Hospedada em um hotel próximo ao Sambódromo do Anhembi, Fran Terres aguardou ansiosa pela chegada de sua fantasia

Fran Terres
Fran Terres. Foto: J. Domingos / M2 Mídia

Hospedada em um hotel próximo ao Sambódromo do Anhembi, Fran Terres aguardou ansiosa pela chegada de sua fantasia. Para fazer ainda mais suspense, as peças chegaram separadas, uma a uma, trazidas por membros da escola. Enchendo o quarto de muito brilho e glamour, o conjunto exibia, além de um corpete de cristais Swarovski, um costeiro com mais de 500 penas de faisão. Enquanto vestia cada peça, a musa explicou de onde veio a inspiração de sua fantasia.

“Desde quando comecei a desfilar no carnaval, sempre tive uma referência, alguém que me servia de inspiração pela beleza incrível e simpatia na avenida. Passei horas assistindo seus desfiles, analisando seus movimentos e também seu modo de vestir. Como toda fã, comecei, com todo respeito e admiração, a trazer um pouquinho dela para tudo que eu fazia também. Uma espécie de homenagem mesmo. Sou sua fã, Sabrina Sato! ”, revela a beldade.

Depois de pronta, a madrinha de bateria da Unidos do Peruche ainda posou para algumas fotos antes de partir de vez para a concentração da escola no sambódromo. “Agora é focar em dar meu melhor pela escola que, tenho certeza, vem para encher os olhos do público e quem sabe beliscar o título de campeã do grupo especial! É isso que eu, minha bateria e todos da minha escola desejam, tenho certeza”, finaliza.

Fran Terres
Fran Terres. Foto: J. Domingos / M2 Mídia
Fran Terres
Fran Terres. Foto: J. Domingos / M2 Mídia
Fran Terres
Fran Terres. Foto: J. Domingos / M2 Mídia



Sugerido por MGID
Loading...

Por Da Redação

Folha Geral é um portal/jornal/revista online conhecido no Brasil e no mundo por abordar os principais assuntos do cotidiano nacional e internacional.

Deixe uma resenha

Dani Bolina

Celebridades curtem o primeiro dia de carnaval no Anhembi

Ale Bernards

Nascida e criada na Rocinha, jovem surpreende ao inaugurar terceira loja e afirma: “A maioria dos moradores da favela são vencedores”