em de ,

No dia Nacional do Café, Mister Brasil comenta a paixão pelo prazer gastronômico

Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano - Divulgação
Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano – Divulgação

Nesta terça-feira dia 24 de maio, dia em que se comemora o dia do Cafeicultor e também o dia Nacional do Café, esta que é considerada uma das principais paixões dos brasileiros, o Mister Brasil Matheus Gouveia, que é um modelo gaúcho de 36 anos, trabalha como Personal Stylist e reside atualmente na cidade de Americana no interior de São Paulo, resolveu realizar um ensaio fotográfico em homenagem a uma das bebidas mais viciantes do público.

O bonitão já atuou como modelo por dois anos no Japão e atualmente acumula o cargo de “Mr.Mesoamerica International”, uma versão internacional do Mister, o qual conquistou o título em ‘El Salvador’, no país da América Central e confessa que gosta muito da bebida, pois além de muito saborosa ela é um estimulante e acaba relaxando entre a correria do dia-a-dia. O modelo confessa inclusive que chega a ficar até com dores de cabeça quando não toma a bebida.

Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano - Divulgação
Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano – Divulgação

Muitos falam que café é como se fosse uma droga devido a cafeína e até mesmo por viciar, mas para outros o café é mais do que um prazer gastronômico, é um amigo fiel e um quase-remédio, pois é bom para quem está com sono e não pode dormir por ter afazeres, quando está estressado ou até mesmo de ressaca.

Com 1.84 de altura e 82 kg bem distribuídos de massa muscular, apesar de amar o café,o bonitão não descuida da alimentação, segue uma dieta balanceada, composta por, arroz integral 7 grãos, cubos de peito de frango, temperado com sal rosa, e azeite de oliva, ou então grão de bico ou batata doce, com peito de frango desfiado, tomate cereja e cenoura ralada. O grande segredo está no tempero… O Sal Rosa do Himalaia.

Porém na sociedade contemporânea evidencia muito a busca pela estética e do corpo perfeito, e a maioria das pessoas acreditam que a regra para ser feliz baseia-se na aparência. Embora a beleza seja importante para o bem-estar e a autoestima e constitua um fator essencial para saúde física e mental, o descontrole com os padrões estéticos podem ocasionar em doenças psíquicas e físicas.

Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano - Divulgação
Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano – Divulgação
Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano - Divulgação
Matheus Gouveia. Foto: Gleisi Serra / Renato Cipriano – Divulgação

Da Redação*

*Com colaboração de (jornalista, agência, assessoria ou especialista)

Brenda Sabryna e Luciana Furlan fotografam de pijama

Renata Banhara leva filho para prestigiar festa de lançamento da nova camisa do São Paulo