Fazer as compras do mês foi uma das atividades que mudou drasticamente durante a pandemia. Com a necessidade de isolamento e as restrições, cada vez mais famílias brasileiras passaram a optar por comprar alimentos e itens de higiene online, ao invés de precisar se deslocar até um supermercado e andar entre os corredores para achar tudo o que precisam.

O mercado delivery, como pode ser chamado esse serviço, que se popularizou ainda mais durante a pandemia, permite que as pessoas comprem os itens essenciais do dia a dia com mais segurança e conforto. Além disso, traz ainda mais praticidade e economia de tempo para quem gosta de comparar os preços e as opções de produtos.

Um levantamento da Webshoppers 45, da NielsenIQ|Ebit, revelou que a frequência de compras online de produtos como alimentos e bebidas teve um aumento de 107% em 2021, levando em comparação o mesmo período do ano anterior. Dentro dessa categoria, o setor de hortifrutigranjeiros teve um aumento de 119,4%, seguido por sobremesas & confeitaria (50,8%), bomboniere (48,9%) e também alimentos matinais (29,2%). 

Vantagens de fazer compras de mercado online

Além da economia de tempo ao pesquisar os preços, outro grande atrativo de fazer as compras online é a possibilidade de administrar melhor as horas do seu dia. Afinal, as lojas online estão abertas 24 horas por dia, permitindo que o comprador escolha o melhor momento para realizar essa tarefa.

Ao acrescentar os produtos no seu carrinho online, automaticamente, já é possível saber o preço final da sua compra. Isso ajuda a manter o seu orçamento mais controlado, evitando inclusive as compras por impulso e as surpresas ao chegar nos caixas do mercado. Com isso, a compra online se torna uma opção mais segura para quem deseja se manter dentro de um planejamento financeiro.

Por fim, também é mais fácil encontrar todos os produtos que você precisa, com uma maior diversidade de marcas. Ao fazer suas compras presenciais, muitas vezes, os consumidores acabam optando entre as alternativas que estão na loja, ainda que a preferência inicial fosse por um outro produto. Na compra online, essas substituições acontecem com menor frequência, ficando mais fácil encontrar a opção preferida.

Alice Bachiega

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora