Ícone do site folhageral.com

4 perguntas para entender o Open Banking

(Imagem ilustrativa/Freepik)

(Imagem ilustrativa/Freepik)

O Open Banking (Sistema Financeiro Aberto) é uma iniciativa do Banco Central, e trata-se de um novo modelo de sistema do mercado financeiro, que permitirá que diferentes instituições financeiras tenham acesso a dados de clientes para oferecerem serviços e produtos mais vantajosos e assertivos de forma mais segura, através de uma única plataforma.  

Ao longo deste artigo você saberá quais as funcionalidades deste novo sistema e as respostas para as principais dúvidas sobre esse novo modelo de negócios:

O que é e como funciona o Open Banking? 

Através do Open Banking, o cliente poderá permitir que seus dados sejam compartilhados com instituições financeiras, que oferecem as melhores opções de serviços e produtos.

Essa tecnologia, conhecida como API (Interface de Programação de Aplicações), tem como objetivo abrir o leque de opções para o consumidor e proporcionar mais liberdade para que ele compartilhe suas informações financeiras com quais instituições quiser. Além disso, o cliente terá controle das informações que irá compartilhar com outras instituições ou empresas. 

Quais as vantagens do Open Banking?

Dentre os principais benefícios oferecidos pelo Open Banking, podemos destacar:

O cliente terá acesso aos dados que serão compartilhados?

Sim. Ao autorizar o compartilhamento de dados, o cliente saberá quais dados estão sendo acessados e para quais instituições financeiras essas informações foram fornecidas. 

Através de um canal digital, o cliente terá controle das permissões do sistema, como: quais instituições financeiras estão envolvidas no compartilhamento, a validade da autorização fornecida, a finalidade do compartilhamento, data de requisição e até mesmo terá a opção de revogar o consentimento a qualquer momento. 

A adesão do Open Banking é obrigatória?

Não. O cliente que quiser aderir ao novo sistema poderá fazer isso em qualquer momento através da internet. Para quem já é cliente bancário, a adesão ao Open Banking surgirá como opção nos sites e aplicativos dos bancos e como já dito antes, o compartilhamento de dados será feito apenas com o consentimento do cliente e para as finalidades determinadas. 

O Banco Central tem depositado muitas expectativas ao novo sistema que trará grandes melhorias e inovações ao mercado financeiro de forma eficiente e segura.