em

Cashback pode ajudar a economizar nas compras da Black Friday

Em 2019, muitos e-commerces ofereceram até 20% do dinheiro de volta nas compras; a tendência é que este ano a oferta seja ainda melhor

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

Novembro é amplamente conhecido como o mês da Black Friday, e pesquisas indicam que os brasileiros, apesar da pandemia, estão bastantes ansiosos pelas oportunidades de compra com desconto, priorizando especialmente os itens que facilitam o dia a dia e a rotina da casa, como eletrodomésticos, eletroportáteis, artigos de informática e eletrônicos.

No entanto, além dos descontos previstos pelas lojas virtuais e físicas, existe outra forma de economizar nas compras da sexta-feira, 27 de novembro: por meio do cashback. Essa vantagem promete ser um dos grandes atrativos da Black Friday 2020. No mesmo período do ano passado, muitos e-commerces ofereceram até 20% do dinheiro das compras de volta aos consumidores, além das ofertas já anunciadas.

A tendência deste ano é que a oferta de cashback seja ainda melhor, especialmente porque a Black Friday promete ser mais digital do que nunca antes, afinal, a impossibilidade de aglomerações em lojas físicas deve levar grande parte dos consumidores para as lojas online.

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)
(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

Entendendo a sistemática do cashback

O mercado de pagamentos tem buscado constantes atualizações e o senso de vantagem é um dos atributos que mais motivam a compra. O cashback, por exemplo, se destaca como um desses formatos de pagamento que tem atraído cada vez mais o consumidor brasileiro. Criado nos Estados Unidos, o termo cashback já tem sido bastante difundido no Brasil e expressa exatamente a ideia de dinheiro de volta.

De maneira simplificada, o cashback é um método de negociação que devolve parte do dinheiro gasto em compras para a conta bancária do consumidor. Algumas lojas oferecem cashback vinculados a um tipo específico de cartão de crédito, mas já há instituições financeiras que oferecem cashback em qualquer compra ou pagamento realizado com o seu cartão, seja no crédito ou no débito.

Cashback ou desconto: o que gera mais economia?

Descontos e cashbacks são opções muito semelhantes, mas não são iguais. O desconto é aplicado, normalmente, em um produto ou categoria da loja. O cashback, por sua vez, pode ser obtido em qualquer compra ou pagamento. Quanto à economia, embora as duas opções sejam vantajosas, o cashback se destaca por devolver parte do dinheiro pago na conta corrente ou como crédito no cartão. Nesse caso, a sensação de economia é ainda maior. Além disso, o consumidor pode escolher o que fazer com esse dinheiro, podendo até mesmo acumular e investir.

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

(Imagem: Folha Geral/Divulgação)

Bahia registra 1.728 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Construção de reservatório de emergência - estação elevatória em Luís Eduardo Magalhães (Foto: Embasa/Divulgação)

Embasa investe R$ 7,3 milhões no sistema de esgoto de Luís Eduardo Magalhães em 2020