em

Crédito na praça: Idosos são os mais pontuais no pagamento de empréstimos

Segundo estudo da Serasa Experian, pessoas acima dos 60 são mais regradas no pagamento de crédito pessoal

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

Ao olhar essa informação é bastante provável que você ache esse dado até natural, afinal, o empréstimo consignado é descontado diretamente no benefício de aposentados e pensionistas do INSS que, em sua maioria, são pessoas acima dos 60 anos. No entanto, este não é o caso. Segundo um recente estudo da Serasa Experian, os consumidores com 60 anos ou mais são os pagadores mais pontuais do empréstimo pessoal.

Amplamente conhecido, o empréstimo pessoal é a forma de crédito mais oferecida no país, e atende pessoas com mais de 18 anos com renda comprovada. Já o consignado conta com características específicas: com os juros mais baixos do mercado, ele é especialmente destinado para aposentados, pensionistas do INSS e servidores públicos.

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)
(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

De acordo com o levantamento feito no mês de maio deste ano, a população componente desta faixa etária, teve uma taxa de pontualidade de 91,3%, representando o maior índice na comparação com os demais grupos de idade. Além disso, os idosos brasileiros que pagam suas parcelas de crédito em dia estão acima da média nacional, que é de 85,8%.

O estudo do Serasa ainda revela que, ao fazer um recorte por idade, a maior faixa de uso do empréstimo fica na faixa dos idosos – acima de 60 anos, com 22,4%, e a menor no grupo de jovens – 18 a 25 anos, com 11,1%. No intervalo estão: 26 a 35 anos (14,8%), 36 a 50 anos (16,4%) e 51 a 60 anos (17,8%).

De maneira mais ampla, o levantamento mostrou que a modalidade de empréstimo pessoal compromete, em média, 13,7% da renda dos brasileiros. Além disso, a região Sul é a única em seus Estados, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, compõem o ranking das 10 UFs que menos comprometem a renda mensal familiar com empréstimo pessoal. No período da pesquisa, 16,8% da população nacional com CPF ativo no Cadastro Positivo tinham algum empréstimo pessoal ativo. Vale destacar, por fim, que todas as informações da pesquisa são com base no Cadastro Positivo, sistema que recebe dados de instituições financeiras quando o cadastrado paga as contas dentro do prazo. Aos poucos, o Cadastro Positivo constrói um histórico de bom pagador, vinculado ao CPF.

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

(Imagem: Folha Geral/Divulgação)

Bahia registra 1.221 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Professores de colégios militares relatam interferência ideológica no currículo disciplinar (Foto: Carolina Antunes/PR)

Professores relatam censura em colégios militares