em

Apesar das dívidas, brasileiros investem mais

Investimentos crescem no Brasil, mas desconhecimento leva muitos a perderem dinheiro

Ilustração. Foto: Arquivo Folha Geral/Freepik

Apenas no primeiro trimestre de 2019, os investimentos realizados por brasileiros já haviam chegado ao montante de R$3 trilhões. Esse número representa um aumento de 11,2% em relação ao mesmo período de 2018. A disseminação de informações relacionadas ao mercado financeiro contribui para que o brasileiro invista mais e analise corretamente o que fazer com o seu dinheiro.

Entre os principais alvos de investimento dos brasileiros estão: a poupança, as previdências privadas (PGBL e VGBL), os fundos de investimento (renda fixa, ações e outros), os títulos privados (debêntures, CDBs, LCIs, LCAs) e os títulos do Tesouro Direto.

No entanto, ao mesmo tempo em que os números de investimentos são animadores, o total de indivíduos endividados e inadimplentes também apresentou crescimento no decorrer do ano. Em setembro, por exemplo, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) chegou ao percentual de 65,1% de pessoas com dívidas (atrasadas ou não).

Essa diferenciação de cenários é causada por muitos fatores. De acordo com a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), o Brasil é um país considerado de renda média e com baixa propensão ao ensino, o que compromete o nível da educação básica desde a infância. Além disso, o endividamento das famílias brasileiras também dificulta o acúmulo de renda e investimentos da população.

Alerta: esquema de pirâmide fazem brasileiros perderem dinheiro

Além desta realidade, ainda há um agravante apontado pela recente pesquisa intitulada “Fraudes em Investimentos no Brasil”: cerca de 11% dos internautas brasileiros já perderam dinheiro em esquemas fraudulentos de investimentos. Feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), o levantamento teve como parceiro o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Entre as ocorrências de investimentos dolosos, os esquemas ligados à pirâmides é o que mais se destaca. Neste caso, o serviço ou produto oferecido não existe ou depende que todo o dinheiro movimentado advenha exclusivamente dos envolvidos. A promessa que mais atrai pessoas a esse tipo de investimento é a de altos ganhos em pouco tempo, e sem muito esforço. Vale lembrar, ainda, que a falta de informação e a influência de familiares e amigos também fazem com que exista a confiança neste tipo de negócio. Mas, de fato, o principal ponto de atenção é que tais promessas de ganhos costumam ser muito acima da média das verdadeiras aplicações e investimentos tradicionais; o que configura um meio de rendimento ilícito. Para fazer um bom investimento, é necessário entender os tipos de aplicações ideias para seu perfil e conhecer os produtos de investimentos disponíveis no mercado financeiro.

PUBLICIDADE


Patrocinador
Loading...
PUBLICIDADE
Ilustração. Foto: Divulgação

Dependência química é tema de debate gratuito em Salvador

Centro de Análise de Fibras Algodão Bahia. Foto: Divulgação/Abapa

Bahia ultrapassa a marca recorde de três milhões de análises de fibra de algodão em 2019