em

90 startups de todo o país recebem apoio da ACSP

Com mais de 200 inscrições de startups de todo o Brasil, a iniciativa selecionou 20 empresas para participarem do programa

O Ac boost, programa criado pelo Conselho de Inovação (CONIN) da Associação Comercial de São Paulo para o impulsionamento de startups, alcança uma nova etapa. Com mais de 200 inscrições de startups de todo o Brasil, a iniciativa selecionou 20 empresas para participarem do programa, que já está em andamento e avança até o primeiro trimestre de 2022. 

No entanto, de olho no potencial e na qualidade das demais startups que se inscreveram, a Associação buscou criar alternativas para que elas também pudessem ser amparadas e auxiliadas no seu desenvolvimento. “Para nós, o cuidado e a atenção com as empresas inscritas no processo de seleção do Ac boost não se encerraram com a divulgação das selecionadas. Temos responsabilidade com o ecossistema e sabemos que é possível auxiliar através de nossos importantes parceiros, como é o caso do Sebrae”, ressalta Alessandra Andrade, vice-presidente da ACSP e presidente do CONIN.  

Entre as remanescentes, foram direcionadas 90 startups dos mais diversos segmentos. Verticais como fintech, edutech, automação, varejotech  e SAS estão presentes na lista. As empresas serão direcionadas a programas do Sebrae voltados à validação, crescimento e tração, além de contarem com mentorias. 

“As startups são estruturas concebidas de maneira que cresçam rapidamente. Isso significa, na prática, que elas têm algo que normalmente não é identificado em empresas comuns, e vêm trazendo a inovação no DNA. O diferencial das startups está na possibilidade de se conectarem com o ecossistema, fortalecendo a vertical em que atuam e também o mercado como um todo”, finaliza Alessandra Andrade.

Ac boost

AC boost é o programa de fomento à inovação da ACSP, construído por uma instituição que tem 126 anos de existência e traz em seu DNA a transformação de negócios tradicionais em marcos de inovação. O programa impulsiona startups legalmente constituídas que estejam em fase final de validação, em mercado ou em tração.

A proposta do Ac boost é apoiar as startups no desenvolvimento do negócio, ajustes no produto, governança, captação de recursos ou outros aspectos que impactam no crescimento da startup. A partir da estrutura da ACSP, o Ac boost conecta os empreendedores com uma ampla rede de consultores, mentores, investidores, parceiros corporativos, entre outros. Clareza nas regras, mas flexibilidade para se adaptar às mudanças do mundo.

Alessandra Andrade

Vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), onde também preside o Conselho de Inovação – CONIN, e o recém-criado HUB de Inovação Pateo76. Na Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP é Gestora do Business HUB e coordena a área de empreendedorismo e inovação da instituição. É mentora, professora, palestrante e apresentadora da websérie S.O.S. Empreendedores, no YouTube da ACSP. Com extensa e forte atuação no associative, participou, fundou e dirigiu diversos movimentos de empreendedores pelo Brasil, alcançando a Vice-Presidência da Confederação Nacional dos Jovens Empresários – CONAJE. É graduada em administração com habilitação em Comércio Exterior pelo Mackenzie, MBA em Gestão de Mercado de Luxo pela FAAP, Pós-MBA em Formação Avançada para Conselhos de Administração (ABPW) pela Saint Paul Escola de Negócios, e possui diversas especializações, entre elas: Educação Empreendedora pela Babson School, Liderança e Governança Corporativa pela London School of Economics e Estratégia de Inovação Disruptiva pela Harvard.

*Este conteúdo foi publicado por um colaborador Publicar

Luciana Brites (Foto: Divulgação)

16 de novembro – Dia nacional de atenção à dislexia

(Foto: Divulgação)

Bahia registra 712 novos casos de Covid-19 e mais 6 óbitos pela doença