Os sistemas de informação, formados a partir de uma sistemática rede de elementos que agrupam, categorizam, processam e armazenam informações, são essenciais na gestão empresarial, uma vez que facilitam o acesso à informação, possibilitando uma clareza maior sobre os processos que estão sendo realizados.

Um aspecto importante dos sistemas é que eles não dizem respeito apenas a programas em si, mas englobam também as pessoas, documentos e toda a gestão da informação feita dentro de uma empresa. Embora o termo utilizado remeta a uma ordem técnica, o seu cerne está ligado muito mais aos recursos que amparam tomadas de decisões diversas.

Nesse sentido, para além de possuir um sistema de informação eficiente, é preciso que a companhia invista também em profissionais qualificados para operá-los, sendo eles os profissionais de sistemas de informação, responsáveis não apenas pelo processo de criação, mas também pela geração de dados e manutenção ativa desses sistemas.

A partir dessa elaboração e do acompanhamento constante desse recurso, esses profissionais auxiliam nas decisões estratégicas, ou seja, aquelas cuja base são os dados já mencionados, recebidos através de uma extensa análise que aponta de maneira estatística seu caminho, bem como possibilita a gestão mais eficiente.

Alguns exemplos da relevância desses profissionais estão ligados não somente a questões internas da empresa, como também a própria experiência do cliente, através da reunião de informações que possibilitem a compreensão de desejos e necessidades dos clientes, e, a partir disso, é possível fornecer soluções personalizadas que os atraem e fidelizam.

Embora as soluções trazidas pelos profissionais aptos a manusear o sistema de informação sejam de ordem técnica, eles auxiliam também na demanda constante por uma comunicação mais assertiva na companhia, seja interna ou externamente. Ou seja, eles podem implementar soluções de tecnologia para otimizar a comunicação também.

Assim como assegurar os dados importantes da empresa e garantir sua conformidade, de acordo com as regras estabelecidas pela companhia, além disso, uma vez que os processos sejam melhorados, é possível reduzir custos e fomentar a eficiência operacional, por meio da assertividade. Os insights gerados pela análise desses dados são expansivos, e, a despeito de seu uso, diversas áreas podem se beneficiar.
Vale ressaltar que, para assegurar a qualificação do profissional, é importante que uma faculdade de Sistemas de Informação tenha sido realizada por ele. Isso porque a formação trará ao profissional mais segurança em suas práticas, além de conhecimentos técnicos imprescindíveis à profissão, assegurando o sucesso na gestão empresarial da companhia.

Laura Fassina

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora