Investir em um veículo próprio é a melhor forma de uma pessoa recém-habilitada conseguir dirigir de forma recorrente, pois caso contrário, podem existir poucas oportunidades. Por esse motivo, é natural que todo motorista iniciante procure comprar um carro o mais rápido possível, mas são tantas opções que acaba não sendo uma tarefa tão simples. A falta de experiência é um fator determinante nessa situação, então é importante já ter um modelo confortável e seguro em mente para conseguir dar início ao planejamento financeiro.

A primeira dica para quem está pensando em comprar seu primeiro carro é investir em um modelo mais em conta, que também seja mais econômico. Não vale tanto a pena começar com um automóvel requintado, muito menos um 0 km. Um veículo usado dá conta do recado e serve como uma excelente porta de entrada para quem está começando a dirigir e precisa ganhar mais experiência no volante. Conforme o tempo e a necessidade for aparecendo, nada impede de fazer um upgrade para um modelo mais novo.

É importante estudar bem o automóvel que se tem em mente, pois muitas vezes os custos envolvendo manutenção, combustível e impostos podem acabar causando prejuízo. É de se esperar que carros muito antigos deem mais problemas, então mesmo que sejam mais baratos, os gastos constantes com manutenção pesam bastante. Outro ponto essencial é estudar se o veículo desejado possui uma boa disponibilidade de peças, pois quanto mais difícil for de encontrar componentes, mais caros serão os consertos.

A dirigibilidade também não deve ser ignorada, principalmente porque estamos falando de motoristas com pouca experiência. Contar com um veículo fácil de manusear e principalmente de manobrar faz toda a diferença; nesse caso, os automóveis mais compactos atendem melhor às expectativas, já que são menores e, consequentemente, mais fáceis de estacionar. Uma boa forma de se decidir é fazendo alguns test drives em modelos desejados, algo que costuma ser possível em concessionárias de usados.

Investir em carros usados é um bom negócio para quem está começando a dirigir, mas atenção aos detalhes. Nunca deixe de avaliar o estado de conservação do automóvel para evitar qualquer surpresa desagradável, pois pode acontecer de o veículo não estar em boas condições. O ideal é sempre consultar uma pessoa que entende do assunto previamente, de preferência permitindo que ela participe de todo o processo de escolha, a fim de garantir que seu primeiro carro seja ideal para você.

Por último, e não menos importante, não deixe de estudar o valor do seguro para o automóvel desejado, pois esse também é um fator que não deve ser ignorado. Com tantos problemas de segurança pública, é arriscado demais ter um automóvel que não tenha seguro, principalmente quando é necessário manter o veículo estacionado na rua por longos períodos. Os valores do serviço variam de acordo com o modelo e a seguradora, por isso é recomendado dar uma boa pesquisada antes de fazer esse investimento.