em

Você sabe decifrar os símbolos das etiquetas das roupas?

Conhecer seus significados ajuda a preservar as peças, durante sua limpeza e manutenção

Foto: Divulgação

As roupas, tapetes, cortinas e peças de cama, mesa e banho precisam de cuidados especiais para uma melhor preservação de seu material. Para isso, os fabricantes utilizam etiquetas que disponibilizam orientações importantes para o momento da higienização e conservação das peças. Entretanto, muitas pessoas não sabem traduzir o que cada um dos símbolos dessas etiquetas significa e como eles indicam o que pode ou não ser utilizado durante a limpeza.

Em meio a tantas simbologias, Leandro Silva, CEO e fundador da rede de franquias Lavateria, destacou 10 símbolos importantes que merecem atenção durante o processo de lavagem, alvejamento, secagem (natural ou tambor) e passadoria, sendo eles:

 Recipiente com água e uma mão: a lavagem deve ser feita à mão, em temperatura máxima de 40°C;

Recipiente com água, com retângulo grande embaixo e o número 30: temperatura máxima de limpeza de 30° em processo suave;

Recipiente com água com um X: não lavar;

Triângulo com dois riscos: permitido alvejamento somente com oxigênio. Não é permitido utilizar alvejante clorado;

Triângulo com X: não alvejar ou branquear;

Quadrado com círculo no meio e um ponto: há possibilidade de secar no tambor em baixa temperatura;

Quadrado com uma linha na vertical e um risco: a secagem deve ser feita em posição vertical na sombra;

Quadrado com uma linha na horizontal e um risco: a secagem deve ser feita em posição horizontal na sombra;

Ferro de passar com um X: não passar;

Ferro de passar com um ponto no meio: a temperatura máxima da base do ferro de passar deve ser 110°. Ferro a vapor pode causar danos irreversíveis à peça.

Existem ainda informações para roupas com lavagem profissional, como não limpar a seco, não limpar a úmido, indicações de agentes específicos e temperaturas que as peças podem ou não receber.

Leandro Silva ressalta que é de extrema importância conhecer e seguir as recomendações das etiquetas e que um simples erro pode comprometer a qualidade da peça. “A utilização errada de um alvejante pode manchar as roupas. Infelizmente, esse é um erro comum e muitas vezes fatal para o item. Outro ponto importante que as pessoas devem se manter atentas é na hora de passar a roupa para não deixar o ferro mais quente que o recomendado, evitando, assim, danificar a peça”, explica.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Sobre a Lavateria: rede de franquia de lavanderia moderna e descomplicada que conta com 30 unidades comercializadas espalhadas pelo Brasil. A empresa se destaca pelo alto padrão do serviço, traz uma nova forma de economia, facilidade e conforto para quem busca alternativas para higienizar as roupas, no momento em que o Brasil passa por uma mudança de conceito na terceirização dos afazeres domésticos, sendo um aliado no crescimento do segmento de serviços.

Leandro Silva é CEO e fundador da Lavateria, uma franquia de lavanderia moderna que conta com 30 unidades comercializadas em todo o Brasil. Com um extenso know-how na área comercial e marketing, ele já atuou como diretor comercial na empresa Saúde Dental Brasil e gestor comercial das empresas Hoken Água e Claro S/A. e gestor de grandes marcas brasileiras e usa toda sua expertise aplicada ao seu negócio, contribuindo para o crescimento do segmento de serviços e negócios. Ele é o responsável por toda a gestão e direcionamento da empresa.



Patrocinador
Loading...
Foto: Divulgação/Abapa

Abapa leva capacitação sobre o pivôs centrais para profissionais de Correntina e Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia

SAC Digital. Foto: Divulgação

Bahia implanta matrícula 100% online com o SAC Digital