em

Confira 11 dicas para limpar e conservar o piso residencial

Ilustração. Foto: Pixabay

Independentemente do tipo de revestimento escolhido, os pisos são uma das partes mais importantes de qualquer projeto arquitetônico e podem ser o ponto de destaque na decoração de ambientes internos e externos.

No entanto, na correria do dia a dia, haverá sempre a presença dos resíduos e poeira comuns a qualquer casa. Isso sem contar alguns incidentes capazes de alterar a aparência e a integridade dos pisos.

Afinal, nenhum ambiente está livre de arranhões de calçados, riscos ao arrastar os móveis, derramamento de líquidos, sujeira dos pets, bagunça pós-festas e tantas outras situações completamente normais e comuns, mas, que sem o devido cuidado, podem causar uma tremenda dor de cabeça para quem precisa limpar e conservar os pisos.

Veja algumas dicas importantes e simples para realizar a limpeza correta de cada tipo de piso e deixá-lo com cara de novo por muito mais tempo.

Piso laminado
Antes de iniciar qualquer procedimento de limpeza, verifique as recomendações do fabricante, já que cada material pode apresentar características especiais de acordo com sua cor.

  • Limpeza diária: use aspirador de pó, vassoura de cerdas macias ou mesmo um mop ou esfregão seco para remover a poeira e sujeira diária, seguindo sempre o sentido das placas para evitar riscos. Quando houver a necessidade de passar pano, use um tecido macio e torça bem para retirar o excesso de água. Use 1 litro de água para duas tampas de detergente neutro e jamais deixe o chão encharcado, pois esse tipo de revestimento não pode receber água diretamente.
  • Retirando manchas: prefira sempre tentar remover a mancha com a solução de detergente neutro, água e um pano úmido macio. Caso ela persista, tente remover a mancha utilizando produto próprio para pisos laminados.
  • Nunca usar: produtos de limpeza à base de silicone, bicarbonato de sódio, enceradeiras, buchas, lixas e outros materiais abrasivos. Nunca aplique água corrente.

Piso Vinílico

  • Limpeza diária: use uma vassoura ou esfregão seco e macio para remover poeira, pelos e sujeiras. Na hora de passar pano, opte por um modelo de microfibra ou algodão e não o deixe com excesso de água: torça bem para evitar que o piso encharque. Use sempre água e sabão neutro.
  • Retirando manchas: se a mancha não sair apenas com água e sabão neutro, busque as informações do fabricante para aplicar o produto mais indicado, que geralmente é um removedor neutro desenvolvido para este tipo de piso.
  • Nunca usar: produtos de limpeza abrasivos, bicarbonato de sódio, buchas de aço ou duras, lixas e nunca aplique água corrente.

Cerâmicas e porcelanatos

  • Limpeza diária: use uma vassoura de cerdas macias e secas para remover a poeira manualmente. Em seguida, em um balde de água, prepare uma solução com detergente neutro para umedecer um pano limpo e, com o auxílio do rodo, passe o pano úmido pelos cômodos e embaixo dos móveis.
  • Retirando manchas: o ideal é usar o pano úmido com detergente neutro até a remoção da mancha, evitando a exposição do piso a agentes de limpeza mais abrasivos. Caso isso não aconteça, procure um saponáceo líquido ou cremoso para limpeza pesada. Leia atentamente a embalagem de produto para verificar se ele é adequado ao tipo de porcelanato ou cerâmica do piso.
  • Limpando o rejunte: se, mesmo após a limpeza diária, o rejunte entre as peças estiver sujo, aplique uma solução de água e saponáceo específico sobre as frestas e deixe o líquido agir por 10 minutos. Em seguida, use o lado amarelo e macio de uma esponja para esfregar levemente os pontos mais encardidos. Finalize com pano úmido com água para remover os excesso dos produtos de limpeza.

Piso de madeira
Geralmente presente em assoalhos e pisos de taco, a madeira é um material orgânico que precisa de cuidados especiais para sua conservação e limpeza:

  • Limpeza diária: usar vassoura de pelo ou cerdas macias. Usar o pano levemente úmido e evite encharcar a madeira, pois isso causa inchaço do material e pode deteriorar sua estrutura.
  • Verniz: mesmo que a camada protetora não apresente riscos ou manchas, de tempos em tempos reforce a integridade do verniz com produtos específicos para impermeabilizar a madeira. A frequência vai variar de acordo com a necessidade, mas é necessário tomar esse cuidado ao menos uma vez por semestre, como ação preventiva e de manutenção.


Patrocinador
Loading...
Foto: Divulgação

Enzo Rabelo faz primeiro show e inicia turnê pelo Brasil

Ilustração. Foto: Divulgação

Bahia colhe segunda maior safra de grãos e fibra da história