em de

Brasileiro costuma programar viagem na última hora, explica especialista

Brasileiro costuma programar viagem na última hora, explica especialista
Foto: MF Press Global

A junção de férias, férias escolares e verão faz com que os brasileiros saiam desesperadamente à procura de um pacote de viagens. Por isso, o Ministério do Turismo tem reforçado cada vez mais a fiscalização e controle das agências que vendem pacotes de viagens e orienta a população a sempre pesquisar no Cadastur – sistema de cadastro dos prestadores de serviços turísticos – antes de decidir qual empresa utilizar em suas viagens.

“O brasileiro não procura o preço mais barato. Ele espera o ano todo, infelizmente não faz uma programação, deixa tudo para a última hora e acaba pagando em torno de 30% mais caro”, afirma o agente de viagens André Santos, da Mogitur.

“Quem dita as regras na verdade são as férias escolares. Nesse período, professores, estudantes e pais que querem viajar com seus filhos que ainda estudam se desesperam para fazer as malas e cair na estrada. Isso acontece também em julho, mas janeiro e fevereiro têm mais apelo pela questão do verão brasileiro”, explica o especialista em turismo.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Michele Sensolo

Michele Sensolo confirma seu posto de Abre Alas na Grande Rio

Feijão causa gases

Uma simples mudança no preparo do feijão pode melhorar os gases