em de

Marcelly Morena ressalta a importância da ‘Parada Gay’, mas afirma que insegurança em eventos LGBT acaba estragando as festas

Marcelly Morena, integrante da dupla com Karlos que está revolucionando o funk, aproveitou a “Parada Gay” que aconteceu no último domingo, dia 18, na Avenida Paulista, para falar sobre o que acha da maior festa LGBT do mundo.

“Acho maravilhoso, uma forma de juntar a maior quantidade de pessoas LGBT para poder lutar por suas causas e seus direitos, levantar a bandeira gay sem medo, sem vergonha. Uma festa onde os gays se soltam, vão à vontade, brincam e zoam”, afirma Marcelly. Ela, no entanto, ressalta que hoje em dia, ao menos no Rio de Janeiro, a questão da segurança acaba estragando os eventos homossexuais.

“No Rio, em poucas festas não há roubo. Em Copacabana é uma pouca vergonha. Qualquer pessoa que concorda com nossa luta não pode levar a família porque acaba sendo assaltada. Infelizmente preciso dizer isso. Você não pode ir à Parada Gay em Copacabana tranquilo. Lá, inclusive, eu própria já fui vitima de furto. Tá um caô louco”, revela a funkeira.

Marcelly Morena ressalta a importância da 'Parada Gay', mas afirma que insegurança em eventos LGBT acaba estragando as festas
Marcelly Morena. Foto: Patricia Spears / MF Press Global
Marcelly Morena ressalta a importância da 'Parada Gay', mas afirma que insegurança em eventos LGBT acaba estragando as festas
Marcelly Morena. Foto: Patricia Spears / MF Press Global
PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Rionegro e Solimões

Rionegro & Solimões lançam novo hit “Vem Me Amar”

Sapatos, calça, feet

Astrologia e moda: Quais acessórios combinam com seu signo?