Ilustração. Foto: Wokandapix/Pixabay
em de ,

Como criar e divulgar um blog de viagens

Criar um blog é uma iniciativa muito importante para um empreendedor garantir a presença online. Porém, é interessante salientar que ter um blog a respeito de um assunto, pode ser uma boa alternativa para quem quer investir em um projeto na web.

Se você entende muito de jardinagem, que tal investir em um blog sobre esse assunto, trazendo dicas e técnicas de cultivo? E se você quer falar para todo mundo que passou das fases mais difíceis de um jogo, está aí a sua chance de fazer um blog sobre games.

Graças a internet, aquela história de que “ganhar dinheiro fazendo o que gosta” deixou de ser apenas um jargão popular. Hoje em dia essa afirmação se tornou uma realidade e uma oportunidade para muita gente.

No entanto, não basta apenas partir para a criação do seu blog e esperar que, como em um passe de mágica, o lucro comece a aparecer. Ter um blog profissional é ter um investimento.

É necessário conhecer os melhores procedimentos para que o seu espaço na web seja habitado por leitores, para que o seu conteúdo seja visto e as visitas gerem o tão esperado retorno financeiro.

Por essa razão, quando o assunto é profissionalizar o seu blog, a obtenção de uma boa hospedagem de site já indica o quanto você quer investir na qualidade do seu conteúdo.

A hospedagem de site, aliada a boas práticas de divulgação, é fundamental para que o seu projeto web seja devidamente acessado pelo seu público-alvo.

A criação de um blog de viagem

Dos vários assuntos que podem render acessos a um blog, um deles é o turismo. Os motivos que levam as pessoas a viajarem são tão variados quanto os destinos escolhidos.

Há quem viaja a trabalho, há quem viaja para curtir as férias. E há também quem curte viajar com a família, com os amigos ou quem prefere arrumar as malas e curtir uma viagem solitária.

Além disso, assuntos não faltam para um blog sobre viagens. Dicas de pontos turísticos, de locais para almoço, de hotelaria e também de curiosidades a respeito do local a ser visitado, tudo isso pode ser descrito em texto, imagens e vídeo em seu blog.

Não custa lembrar também que para você segmentar ainda mais o seu público é possível abordar nesse blog um assunto bem específico. Por exemplo, apenas viagens internacionais, apenas dicas culturais, apenas lugares para comer. Enfim, opções de conteúdo não faltam.

A questão principal é: apenas em saber qual será o foco do seu blog de viagens já é possível dizer que você efetuou o primeiro passo para a criação dele. Por isso, confira as outras dicas a seguir.

Dê uma atenção especial à hospedagem de sites

A verdade é: sem uma hospedagem de sites não é possível criar um projeto web profissional, seja ele um site ou um simples blog.

Por isso, antes de começar qualquer tarefa, pesquise e analise as melhores opções de hospedagem. Leve em conta o uptime, o espaço em disco oferecido e principalmente o suporte técnico.

Tenha em mente que preço não representa necessariamente qualidade. Blogs de viagens contam com muitas fotos e até vídeos, e sendo assim, você precisa de um serviço estável e escalável, caso o seu projeto cresça com o tempo.

Escolha bem a plataforma

wordpress-589121_1280
Ilustração. Foto: Kevin Phillips/Pixabay

A plataforma do seu blog é o que vai permitir a personalização do layout e a construção total do seu blog. Hoje em dia você pode escolher entre o Joomla!, o Webnode, o Wix, apenas para citar as mais lembradas.

Porém, a mais recomendada é o WordPress. Ele não apenas disponibiliza vários recursos que tornam o seu blog mais interativo como também é muito fácil de ser utilizado.

Templates e plugins  

Um template é a identidade visual do seu blog. Atualmente você pode encontrar vários templates com as temáticas “viagens” e “turismo”. A recomendação, nesse caso, é optar por templates pagos, pois eles são um investimento válido para assegurar a qualidade do seu blog.

Quanto aos plugins, instale-os com moderação. Há plugins destinados para os mais diversos objetivos, como aqueles que otimizam as imagens ou aqueles que auxiliam para encontrar as melhores palavras-chaves.

No entanto, se você lotar o seu blog com vários deles o desempenho vai ser prejudicado. Instale apenas os essenciais e necessários ao seu projeto.

A divulgação de um blog de viagem

De nada adianta ter uma boa hospedagem de sites, o template mais bonito da web e os melhores plugins turbinando o seu blog de viagens se você não souber como divulgá-lo.

SEO é preciso

Quando o assunto é divulgação de um blog, é impossível não falar a respeito das técnicas de SEO. Elas servem para facilitar que ele seja bem posicionado nas primeiras páginas de resultado de sites como o Google. Entre os principais procedimentos das técnicas de SEO estão:

Na hora de efetuar as postagens do seu blog de viagens escolha as keywords adequadas com o seu conteúdo. Tais palavras são tão importantes que existem até plugins destinados a gerenciá-las melhor. O Yoast Seo é um deles.

Um blog de viagens sem fotos é como uma comida sem tempero, pois falta algo para melhorar a experiência. Porém, as imagens devem ser otimizadas para não tornar o seu blog muito pesado.

Outro ponto importante são as inserções de links externos e de links internos, pois os mesmos ajudam a tornar o seu blog mais relevante para os algoritmos do Google.

Links internos, por exemplo, levam o usuário para postagens mais antigas do seu blog, enquanto links externos fazem menções a outros sites.

Essa troca de links contribui muito para o rankeamento de qualquer blog, pois mostra para os buscadores que o seu blog é relevante e vale a pena ser acessado.  

Por isso, é importante também fazer parcerias com empresas de turismo e outros blogs que tratam desse assunto para que o seu blog ganhe relevância.

Redes Sociais

Ignorar a presença do Facebook e demais redes sociais é um erro se alguém quer ser encontrado na internet. Hoje em dia, o público em geral habita o universo dessas redes, inclusive o público que aprecia viagens.

No Facebook, por exemplo, você pode criar uma página oficial para o seu blog de viagens. Uma das vantagens de uma Fanpage é possibilitar que você veja o engajamento que o público tem diante das suas postagens.

Lembre-se também que vale a pena você gastar alguns trocados a mais para impulsionar as postagens da sua página, ampliando ainda mais o alcance.

Por outro lado, já no Twitter, por exemplo, por meio de publicações você pode atrair leitores para o seu blog. Além disso, é possível também que você crie promoções exclusivas para os seus seguidores.

Tendo em vista que o assunto viagens destaca o uso de imagens para apontar pontos turísticos e locais interessantes, o Instagram é uma rede social muito bem vinda para ajudar na divulgação do seu blog.

Por meio de um perfil nessa rede você pode utilizar o recurso “Stories” e ainda ter um link para o seu blog.

Produzir conteúdos constantemente

Para um blog ter relevância ele deve ser alimentado constantemente. Não é necessário ter publicações diárias, mas a frequência ou periodicidade é extremamente importante.

O WordPress, por exemplo, é uma plataforma que permite a programação antecipada das postagens. Dessa maneira fica mais fácil estabelecer um cronograma de posts.

Além da produção constante, é importante aproveitar ao máximo a versatilidade que o blog oferece. Por isso, vale investir na redação de artigos, inserir gráficos, mapas e também vídeos. O importante é variar o formato das postagens e sempre ser ativo.

Procure parcerias com outros blogueiros

A interatividade que os blogs proporcionam é uma alternativa para você divulgar o seu blog de viagens. Por isso, faça parcerias com outros blogueiros e com canais de vídeos.

Os Guest Posts – participações em outros blogs – auxilia muito no processo de divulgação e relevância para os buscadores.

Outra grande dica é fazer parcerias com Youtubers e inserir em algumas das suas postagens vídeos que falam sobre o mesmo tema ou assuntos similares.

Faça Reviews de lugares visitados

Não importa se você visitou uma fazendinha aconchegante no interior do Rio Grande do Sul ou as pirâmides do Egito, descreva a sensação que você teve ao visitar tais locais.

Aborde a cultura desses lugares, fale sobre o clima, sobre as paisagens, da culinária ou de algo inusitado que só existe naquele lugar. Lembre-se que as viagens são um farto material para enriquecer o conteúdo de qualquer blog.

Além disso, mencionar e indicar locais atrai a atenção das pessoas e de possíveis patrocinadores para o seu blog, pois várias marcas se interessam por conteúdo relevante na web.

Conclusão

Se você curte viajar, ter um blog para compartilhar momentos dos seus passeios é uma alternativa interessante para passar o tempo e quem sabe até mesmo lucrar. Lembre-se que viagens, pontos turísticos, belas paisagens, tudo isso rende bons temas.

Por isso, siga essas dicas, crie o seu blog e divulgue-o ao máximo. Assim você vai perceber que viagem e internet pode ser uma combinação prazerosa.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Nax

NAX - meio gente, meio robô. Uma profissional perfeita para todas as ocasiões.

PUBLICIDADE
exame, prova, concurso, survey-1594962_1280

Abertas inscrições para o CREFONO-9

Erika Schneider. Foto: Reprodução / MF Press Global

Tendência: Inspire-se no estilo de Erika Schneider para arrasar usando jeans de cintura alta