em de

Promotoria quer fechar megatemplo da Igreja Universal em SP

Fachada do Templo de Salomão, ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, construído na região central de São Paulo. Bruno Landim Pedersoli/UOL
Fachada do Templo de Salomão, ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, construído na região central de São Paulo. Bruno Landim Pedersoli/UOL

O Ministério Público irá pedir à Prefeitura do Estado de São Paulo que cancele a autorização dada à Igreja Universal para a abertura do Templo de Salomão, inaugurado na última quarta-feira (31).

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, o promotor de Habitação e Urbanismo Maurício Lopes entende que este tipo de autorização especial para eventos – válida por seis meses – não se aplica ao funcionamento de um templo. “Que evento é esse que dura 15 horas por dia, durante seis meses?”, questionou Lopes.

Ainda segundo o jornal, a falta de laudo dos Bombeiros que atesta que o local segue as normas de segurança é um dos pontos que pesaram na decisão da Promotoria. O Templo de Salomão tem capacidade para receber 10 mil pessoas.

Se a prefeitura acatar a recomendação da Promotoria, o local terá de fechar até conseguir o alvará definitivo para a abertura ao público. Caso o pedido não seja considerado, o promotor deve recorrer à Justiça. Fonte: Bol

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE

Fundesis ajuda a colorir o trabalho da Associação Grupo Amizade

Aiba participa de encontro com presidenciáveis