em

UPA de Oeiras completa um ano e já realizou mais de 42 mil atendimentos

A Unidade é referência em urgência e emergência

UPA de Oeiras. Foto: Ascom Sesapi
UPA de Oeiras. Foto: Ascom Sesapi

A Unidade de Pronto Atendimento(UPA), de Oeiras, completa nesta segunda-feira (17), um ano de funcionamento e 42.910 atendimentos realizados. Atendendo ocorrências de urgência e emergência, a UPA funciona 24 horas e abrange uma população estimada de mais de 120 mil habitantes do território Vale do Canindé, com média de 150 atendimentos por dia.

A lavradora Maria Aparecida da Costa, de 26 anos, de Oeiras, reconhece na UPA uma das melhores assistência na região. “Vi uma grande melhora no ambiente, com bom espaço, nem mais arejado. Os profissionais tratam o povo diferente, é bem melhor. E ainda tem ar condicionado”, relata a paciente.

Os atendimentos mais comuns da UPA são de pacientes vítimas de acidentes de trânsito, quedas, dispneia, acidentes com animais, dor de cabeça, crise de cálculo renal. Ali, o paciente recebe os primeiros atendimentos e é encaminhado para o Hospital Regional Deolindo Couto, a unidade de referência para aquela região.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, o Deolindo Couto, funciona como retaguarda. “Após a estabilização do paciente na UPA e passar por uma observação de 24h, requerendo uma internação, ele é encaminhado ao hospital regional”, explica.

A UPA atende os serviços de urgência e emergência, clínicos, pediátricos e traumatológicos. Para os casos de maior complexidade, através da Central de Regulação, o paciente é encaminhado para um hospital de referência.

Por Graciene Nazareno

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

Viatura Polícia Federal

PF investiga fraudes cometidas por grupo de entretenimento

Veridiana Freitas é a nova musa da Rocinha