em de

Paulo Câmara vai a Araripina hoje inaugurar geradora de energia eólica

Paulo Câmara vai a Araripina hoje inaugurar geradora de energia eólica
Foto: Divulgação

Ao lado dos empreendedores da empresa Casa dos Ventos, o governador Paulo Câmara inaugura, hoje (9), pela manhã, o complexo eólico Ventos do Araripe III, no alto da Chapada do Araripe, na divisa entre os Estados de Pernambuco e Piauí. Trata-se de um dos maiores complexos eólicos da América Latina, com 14 parques, nove no Piauí e cinco em Pernambuco, 156 aerogeradores e potência instalada de 369 MW. Representa um investimento de R$ 1,8 bilhão e a geração de 1,5 mim empregos diretos (com prioridade para a mão-de-obra local.

A instalação do empreendimento consolida pernambuco – e também o Piaui – na linha de frente na produção de energia de fontes limpas, que não comprometem o futuro do planeta. “Estimular esse tipo de atividade é uma política que Pernambuco vem investindo com muita determinação, instalando na região de Suape grandes indústrias produtoras de equipamentos como torres, motores, hélices e concedendo incentivos fiscais que dão competitividade a nossa indústria”, afirma o governador Paulo Câmara.

O governador lembrou que em 2015 assinou os Decretos 42.034 de 13/08/2015 e 42.455 de 02/12/2015 ampliando a lista de componentes com ICMS zerado para a produção de torres e flanges eólicos e geradores fotovoltaicos, seja na importação como também na produção (saída) interna. Tais normas ajudaram a impulsionar a cadeia produtiva da energia eólica.

Tal conjunto de benefícios propiciou a instalação da maior fábrica de torres eólicas metálicas do Brasil, a Gestamp, bem como uma fábrica de flanges metálicas deste mesmo grupo espanhol, bem como uma grande fabricante de pás eólicas de origem dinamarquesa, a L M Wind Power, todas no Complexo Industrial Portuário de Suape. Estas empresas atraíram ou desenvolveram mais de 20 fornecedores de peças e componentes em território pernambucano, confirmando o acerto na politica tributária adotada.

Com investimento de R$1,8 bilhão, o complexo eólico do Araripe é composto por 14 parques, nove no Piauí e cinco em Pernambuco, 156 aerogeradores e potência instalada de 359 MW – energia suficiente para abastecer 400 mil casas. “A entrada em operação de Ventos do Araripe III, não só consolida a Chapada do Araripe como um dos maiores polos de geração eólica do mundo, como celebra um ciclo de investimento de 1GW em dois Estados muito importantes para a companhia”, afirma Mário Araripe, presidente e fundador da Casa dos Ventos.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Mônica Nunes Tattoo

Estúdio catarinense é referência em tattoos para cobrir cicatrizes de cirurgias ou acidentes

Villa Mix Festival Goiânia inaugura loja física no Shopping Flamboyant