em

X Workshop da NMB homenageia principais atores da cadeia de exportação de manga para os EUA

Workshop da NMB. Foto: Divulgação
Workshop da NMB. Foto: Divulgação

Ao comemorar dez anos de realização, o Workshop da National Mango Board (NMB) deve atrair para o Quality Hotel em Petrolina (PE), nos dias 3 e 4 de agosto, produtores de manga, exportadores, fornecedores, gerentes de packing house e profissionais de segurança alimentar de toda a região do Vale do São Francisco. O evento, que busca melhorar a qualidade e ampliar o consumo da manga exportada, traz um elemento novo para a programação: Uma homenagem aos 18 atores que se destacaram no esforço de exportação do fruto para os Estados Unidos e o mundo.

Só em 2015, o Vale do São Francisco exportou para o país norte-americano cerca de 32 mil toneladas de manga, tendo mais de U$ 33 milhões em receita para o Brasil. O que segundo Caio Coelho, diretor de Marketing da Valexport – Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco – que realiza o evento em parceria com o NMB, é considerado muito positivo. Desempenho maior ainda, vê o executivo em relação a 2016. “Nos últimos anos aumentamos consideravelmente as exportações de manga para os Estados Unidos; este ano esperamos um aumento de 10% nas exportações em relação ao ano passado”, diz.

Workshop da NMB. Foto: Divulgação
Workshop da NMB. Foto: Divulgação

Ainda de acordo com Caio Coelho, todos os resultados obtidos pela agricultura no Vale, especialmente com a manga, mostram a necessidade de prestar homenagens aos seus principais promotores. “A homenagem é mais do que justa, uma vez que foi com a ajuda desses 18 atores, que nossa região se tornou a maior exportadora de manga do país”, destaca o diretor de Marketing da Valexport. Estão na lista de troféus do X Workshop da NMB, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) – do qual o National Mango Board é vinculado; o Porto de PECEM, no Ceará; e o Departamento de Sanidade Vegetal (DSV), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

A homenagem acontece no primeiro dia do evento, e, além de Caio Coelho, estarão presentes o gerente executivo da Valexport, Tássio Lustoza, o diretor de pesquisa do NMB, Leonardo Ortega, o israelense especialista em irrigação de manga, Adolfo Levin, que vai falar sobre os efeitos da irrigação na produção, quantidade e tamanho do fruto durante as etapas fenológicas da manga, e outros nomes da agroindústria do Brasil e do mundo.

Workshop da NMB. Foto: Divulgação
Workshop da NMB. Foto: Divulgação

Levin será o primeiro palestrante do Workshop, que começa às 8h da quarta-feira (3). Após o israelense, o engenheiro agrônomo, Diógenes Batista, e o economista, João Ricardo de Lima, ambos da Embrapa Semiárido, devem abordar temas como ‘Bioecologia, danos e desafios’ e ‘Desafios da sustentabilidade da mangicultura no Vale do São Francisco’, respectivamente.

Em 2016, outras novidades ingressam na grade do evento. Além do minicurso sobre análise de solo e recomendação de adubação, que será ministrado por professores da Univasf e do Laboratório de Análises de Solo e Planta (LASP), na quinta-feira (4), uma visita de campo (com foco na identificação de problemas técnicos na produção de manga) fará parte da 10ª edição do Workshop do NMB no Vale do São Francisco.

Inscrições

Os interessados podem se inscrever gratuitamente através do email da Valexport (secretaria@valexport.com.br) a partir desta segunda-feira (25). Mais informações podem ser obtidas com a secretária Beatriz Correia, pelo telefone (87) 3863-6000 ou pela fanpage: www.facebook.com/valexport.

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

Lu Andrade, ex-Rouge comanda o programa “Estúdio Acesso Cultural”

Governador entrega residencial para 1,5 mil famílias em Porto Seguro