em

Camisinha: jogue os mitos por terra e previna-se

Ela é essencial para evitar doenças sexualmente transmissíveis e também uma gravidez indesejada. Porém, ainda assim, tem gente que se nega a usar o preservativo, seja por preconceito, seja por falta de informação. Não entre nessa! Abaixo, listamos verdades e mentiras sobre o assunto. Confira e diga sim ao sexo seguro!

Camisinha
Camisinha. Foto: Reprodução/Proteste

A camisinha causa perda ou dificuldade de ereção. Se contrair a base do pênis, ela pode é ajudar na obtenção de uma ereção mais rígida. A perda de ereção está associada a diversos problemas, mas não ao uso do preservativo.

Usar camisinha diminui o prazer. Pelo contrário! Ela pode até aumentar o prazer, caso seja usada corretamente. Isso porque o preservativo diminui o atrito, prolongando, portanto, o tempo de penetração. Assim, o sexo acaba durando mais tempo, já que o homem tende a demorar mais para ejacular.

Não há problema em ficar horas fazendo sexo com a mesma camisinha. É raro, mas alguns homens conseguem ejacular e continuar a relação sem pausas. Nesse caso, o ideal é colocar uma camisinha nova, tendo o cuidado de lavar o pênis e as mãos antes da troca. E atenção: jamais reutilize o preservativo.

Dá para colocar a camisinha no momento em que o homem sentir que vai ejacular. Isso é extremamente arriscado. Antes mesmo da ejaculação, é liberada uma secreção que contém espermatozoides suficientes para engravidar a parceira. Além disso, o risco de contrair doenças existe desde o início da relação sexual. O ideal é colocar o preservativo assim que o pênis ficar ereto e retirá-lo logo após a ejaculação, evitando vazamentos.

É sempre bom estar prevenido e levar uma camisinha na bolsa ou na carteira. Sim! Isso é verdade! No entanto, evite usar preservativos há muito tempo guardados. Quanto mais velho, mais desgastado o látex e maiores os riscos de ruptura. Por isso, observe sempre a data de validade.

Camisinha
Camisinha. Foto: Reprodução/Proteste

Nem todo casal precisa de camisinha. Vale lembrar que o preservativo deve ser usado por todos os casais, sejam heterossexuais, sejam homossexuais. E a orientação é também para os casais formados por mulheres. Colocar o preservativo no vibrador é indispensável para evitar a troca de secreções durante a relação sexual.

Para ficar totalmente protegido, é válido usar dois preservativos ao mesmo tempo. Essa é uma ideia que deve ser deixada de lado. O atrito tende a provocar rasgos e furos no preservativo. Uma só camisinha já é o suficiente para garantir o sexo seguro.

O uso do preservativo pode causar sangramento. A utilização da camisinha não causa sangramento. Entretanto, é possível que a fricção do pênis em uma vagina seca provoque dor e hemorragias.

Via Proteste

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

Padre Fabricio Farias

Padre Fabrício Farias começa trabalho de evangelização em São Paulo

Cris Lopes

Atriz internacional Cris Lopes grava participação especial no longa juvenil Bia (2.0) em São Paulo