em

Fundação Bahia e Embrapa lançam primeira cultivar transgênica de algodão

Lançamento cultivar Bahia Farm Show 2017
Foto: Divulgação

A primeira variedade de algodão transgênico de fibra longa do Brasil foi apresentada, nesta quarta-feira (31), aos produtores no auditório da Bahia Farm Show 2017, em Luís Eduardo Magalhães. A BRS 433 FL B2RF atinge mais de 32,5 mm de comprimento, superando a média de 30 milímetros das fibras em uso atualmente. Além de atingir maior comprimento, a variedade é caracterizada pela elevada resistência, superior a 34 grama-força/textura, e se encaixa nas preferências da indústria têxtil para a fabricação de tecidos finos paras roupas.

Durante o evento, foram lançadas outras duas cultivares: a BRS 430 B2RF e a BRS 432 B2RF. A primeira é caracterizada pela qualidade da fibra e tem melhor rendimento se cultivada no fechamento de plantio, a segunda se destaca pela estabilidade na produção e é ideal para abertura de plantio. As três novas variedades utilizam a Bollgard II Roundup Ready Flex, tecnologia da Monsanto resistente ao glifosato e às lagartas.

O presidente da Fundação Bahia, Ademar Marçal, falou sobre o resultado dos esforços que culminaram no desenvolvimento das novas cultivares. “Não adianta nós termos solo fértil, temperatura ideal, luminosidade, conhecimento em tecnologia de solo, se não tivermos uma variedade que atenda às necessidades da região. Buscamos desenvolver uma variedade genuinamente baiana, mas que venha atender também outros mercados. Então hoje é um dia de festa. Um dia que esperamos com muita ansiedade”, comemorou.

Lançamento cultivar Bahia Farm Show 2017
Foto: Divulgação

“Nesse ato público quero dizer que a Embrapa tem a honra de ser parceira da Fundação Bahia. Queremos que essa parceria se estabeleça com grande zelo e cuidado para que possamos fazer muito mais do que já foi feito. Começamos hoje um grande trabalho de posicionamento dessas novas variedades no mercado”, afirmou o pesquisador da Embrapa Algodão, Camilo Morello. O presidente da Associação dos Irrigantes da Bahia (Aiba) e presidente da Bahia Farm Show, Celestino Zanella, acredita no incremento de área de plantio e, consequentemente, o crescimento da produção do algodão no oeste baiano.

Júlio Cézar Busato, presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) aproveitou a oportunidade para anunciar que vai solicitar ao governador da Bahia, Rui Costa, a renovação do Programa de Incentivo à Cultura do Algodão na Bahia (Proalba), iniciativa que influencia no aumento da competitividade do algodão produzido no estado.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Fábio Jr. dá selinho em fã durante show

Fábio Jr. faz show em São Paulo neste sábado (03)

Clínica popular inaugura unidade no NorteShopping e oferece mil consultas gratuitas

Clínica popular inaugura unidade no NorteShopping e oferece mil consultas gratuitas