em

Irrigação inteligente pode ser a nova aliada do produtor do Matopiba

Irrigação inteligente pode ser a nova aliada do produtor do Matopiba
Foto: Divulgação

Fatores como o crescimento da população e, consequentemente, o aumento do consumo per capita são indicativos para a expansão da agricultura irrigada, apontada como a principal alternativa para quebrar o ciclo da pobreza. Neste contexto, a palestra “Irrigação Inteligente”, sob o comando do especialista no assunto André Torre Neto, da Embrapa, foi apresentada a produtores rurais, estudantes e técnicos nesta quarta-feira, 31, segundo dia da Bahia Farm Show 2017.

Um estudo desenvolvido pela Universidade da Georgia, nos Estados Unidos, sobre a utilização da irrigação inteligente na agricultura foi apresentado pelo professor. O projeto está sendo trazido e começa a ser adaptado à realidade brasileira, pela Embrapa, em parceria com a universidade americana. A proposta é aumentar a produtividade e a qualidade dos produtos, diminuir o consumo de água e energia e reduzir os custos de bombeamento e ao mesmo tempo, contribuir para a preservação das fontes de água.

Irrigação inteligente pode ser a nova aliada do produtor do Matopiba
Foto: Divulgação

A irrigação inteligente prevê a utilização de sensores de solo espalhados estrategicamente em zonas de manejo. “A partir desses delineamentos é possível mapear a aplicação da irrigação a taxas variadas, com controle específico da necessidade da quantidade de água de acordo com a topografia do solo, textura, estrutura e obstáculos como valas de drenagem”, explicou Neto.

Estes sensores distribuem os dados via rádio, e, em tempo real, é possível visualizar os resultados, por meio de gráficos e mapas que apresentam o nível de água consumida em cada ponto e, ainda, se a água está chegando de forma rápida ou lenta. “É uma riqueza de informações”, complementou o pesquisador. Segundo ele, a tecnologia deve ser acessível aos brasileiros após mais alguns testes e estudos. Batizado de Projeto SWAMP, o programa está desenvolvendo uma nova geração de sensores específicos para os solos do Matopiba, e busca estabelecer o manejo de irrigação adequada específica para esta região. “O que se pretende é ter uma solução nacional, e estamos trabalhando para isso: a irrigação inteligente como a mais moderna alternativa para quebrar o ciclo da pobreza”, conclui.

Irrigação inteligente pode ser a nova aliada do produtor do Matopiba
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Fãs tatuam nome de Lexa no braço

Fãs tatuam nome de Lexa no braço

Produtores do oeste da Bahia conhecem novas possibilidades de acessar o mercado externo

Produtores do oeste da Bahia conhecem novas possibilidades de acessar o mercado externo