em

UFPR/ITTI realiza estudos na BR-135/BA

O levantamento é o primeiro passo antes da elaboração do anteprojeto de engenharia para a pavimentação da rodovia.

UFPR ITTI realiza estudos na BR-135 BA

Nesta semana a Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), fará o imageamento da BR-135/BA/MG. O trabalho será feito em conjunto com a empresa Softmapping por meio de uma plataforma VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado), entre os municípios de Barreiras/BA e Itacarambi/MG, perfazendo um total de 423 km, aproximadamente. Inicialmente será imageado o trecho entre os Km 207 e 2017, no município de São Desidério/BA.

Finalidade

O objetivo do imageamento é gerar produtos que possibilitem a elaboração de estudos de alternativa locacional; de anteprojeto de engenharia; de estudos e programas ambientais; além de levantamentos geológicos; e a execução de supervisão e Gestão Ambiental.

Simultaneamente ao voo, a equipe da UFPR/ITTI, formada pelo engenheiro cartográfico Rodrigo Moro e pelos engenheiros ambientais Eduardo Mattos e João Vinicius Sachet, irá realizar o levantamento dos pontos de apoio in loco a fim de possibilitar maior precisão geométrica aos produtos oriundos do imageamento com o VANT.

O estudo de alternativas locacionais é uma exigência do IBAMA para a regularização de pendências ambientais da rodovia, que teve suas obras paralisadas em 2010 devido à queda de rochas na caverna Buraco do Inferno, que abriga o maior lago subterrâneo do Brasil. O estudo é o primeiro passo antes da elaboração do anteprojeto de engenharia para a pavimentação da BR 135/BA na região.

ITTI

O Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) atua na elaboração, execução e supervisão de programas e estudos destinados à Gestão Ambiental de obras, especialmente na área de transportes, tais como as rodovias, ferrovias e portos. Com uma equipe técnica formada por professores, pesquisadores, estudantes e profissionais especializados, os projetos da UFPR/ITTI também contemplam aspectos relacionados à gestão territorial, questões socioambientais e quanto ao uso de recursos naturais.

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

Lusa decide recorrer à Justiça comum e enfrentar CBF por vaga na Série A

STJ condena SBT a pagar R$300 mil a ex-donos da Escola Base