em de ,

Atletas baianos estreiam piscina olímpica de Salvador nesta quarta-feira

Piscina do Centro Olímpico de Natação da Bahia. Foto: Pedro Moraes/GOVBA
Piscina do Centro Olímpico de Natação da Bahia. Foto: Pedro Moraes/GOVBA

Há menos de uma semana para a abertura da piscina olímpica de Salvador, baianos reconhecidos internacionalmente vão ter a chance de estrear o espaço e conferir a qualidade da estrutura. Para conhecer o novo equipamento esportivo da capital, o atleta Allan do Carmo, vice-campeão mundial de maratonas aquáticas, e a paratleta e medalhista olímpica Verônica Almeida vão nadar nesta quarta-feira (23) na nova piscina, que fica localizada na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô).

Em visita ao local, na última segunda (21), Verônica aprovou a estrutura, que foi construída a partir de especificações de padrões internacionais e deve sediar grandes eventos. “É realmente impressionante a qualidade dessa piscina, pensada nos mínimos detalhes e que são iguais ou melhores a piscinas de outros países onde já competi. Poder treinar e também competir em Salvador dá um incentivo a mais para o atleta baiano, cria uma estrutura melhor para desenvolver o nosso potencial e brigar com ainda mais vontade pelas medalhas das Olimpíadas e Paralimpíadas que já estão tão perto”, comemorou a nadadora.

Piscina do Centro Olímpico de Natação da Bahia. Foto: Pedro Moraes/GOVBA
Piscina do Centro Olímpico de Natação da Bahia. Foto: Pedro Moraes/GOVBA

Além da piscina olímpica – que tem 50×25 metros, com três metros de profundidade -, uma semiolímpica foi construída ao lado, podendo abrigar competições menores e promover o aquecimento dos profissionais em competições. Delegações internacionais que participarão dos Jogos Olímpicos Rio 2016, de países como Turquia e Itália, já manifestaram interesse em se aclimatar para a competição na piscina de Salvador.

Segundo o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Álvaro Gomes, a estrutura foi criada para “ser um equipamento de suporte e para sediar competições de alto rendimento, mas também de inclusão social, através do estímulo ao esporte e do desenvolvimento de novos talentos, já que a Bahia possui um potencial muito grande nesse sentido”.

Piscina do Centro Olímpico de Natação da Bahia. Foto: Pedro Moraes/GOVBA
Piscina do Centro Olímpico de Natação da Bahia. Foto: Pedro Moraes/GOVBA

Terceira etapa

Uma infraestrutura de suporte provisória também está sendo montada, como uma arquibancada com capacidade para 320 pessoas, vestiários e banheiros para o público e atletas, até que as instalações definitivas sejam concluídas. Isso porque uma terceira etapa de investimentos do Governo do Estado vai complementar a estrutura.

A abertura, marcada para a próxima segunda (28), vai contar com apresentações de duplas feminina e mista de nado sincronizado, além da participação da seleção brasileira dessa modalidade, que acontece à noite. Durante o dia, a piscina vai receber um campeonato mirim que vai reunir atletas baianos com até 11 anos de idade.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE

Uso de alta tecnologia garante qualidade da água fornecida aos baianos

Cristiano Melo faz sucesso como o pedreiro gato de Goiás