em

Banda Eva faz brinde coletivo em Muzambinho

Fora do circuito Salvador, Felipe Pezzoni arrasta o bloco Vermes e Cia e propõe um brinde; “O amanhã a Deus pertence”, afirma o vocalista se referindo aos artistas que já passaram pela banda e seguiram carreira solo

Foto: Marco Aurélio e Joel Brasilera / Phábrica de Imagens
Foto: Marco Aurélio e Joel Brasilera / Phábrica de Imagens

O Carnaval da Banda Eva está agitado. O grupo começou a folia em alto mar no Carnavio, se apresentou em Salvador no Bloco Nu Outro e desembarcou nesta madrugada em Muzambinho, Sul de Minas, para comandar o Vermes e Cia, considerado o maior bloco carnavalesco de Minas.

O grupo fez um brinde coletivo convidando os foliões a confraternizarem. “Isto aqui não perde em nada para Salvador”, e cantou “Beleza Rara”, um dos principais hits ao longo dos 35 anos da banda.

Felipe Pezzoni, que vive seu segundo carnaval á frente do Eva, falou da emoção de cantar em um carnaval fora do circuito Salvador. “É bacana difundir o nosso som, poder trazer um pouco do nosso Carnaval para Minas Gerais. Os mineiros consomem axé o ano inteiro e têm uma energia tão similar quanto a da público baiano. O Vermes e Cia é Salvador hoje”.

Além dos seus inúmeros sucessos, o Eva também é famoso pelos artistas que já comandaram os vocais da banda, Daniela Mercury, Durval Lelys, Ivete Sangalo, Emanuelle Araújo e Saulo Fernandes. “É uma responsabilidade muito grande estar à frente de uma banda com mais de 30 anos de história, mas estamos fazendo o nosso som, colocando a nossa cara, o nosso jeito e o público tem respondido de maneira muito positiva”.

Por mais de 3 horas Felipe arrastou o bloco Vermes e Cia. “Se a banda é precursora de sucesso? Não posso garantir. Vivo o hoje, o presente e estou muito feliz. O amanhã a Deus pertence”, disse se referindo aos artistas que já passaram pelo grupo e seguem carreiras de sucesso solo.

O bloco Vermes e Cia ainda recebe Lucas Lucco, Munhoz & Mariano, Fernando & Sorocaba, Felguk, Alok, MC Guimê, Turma do Pagode, Homem de Lata, Projeto BPM, Beat Samba House Music e Jana Lima durante o carnaval mineiro.

Foto: Marco Aurélio e Joel Brasilera / Phábrica de Imagens
Foto: Marco Aurélio e Joel Brasilera / Phábrica de Imagens
PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE

Funk carioca invade a histórica Ouro Preto

Bonde do Tigrão celebra 15 anos de carreira no carnaval de Muzambinho